Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 27 de maio de 2020 - 15:04


Ribeirinhos da região metropolitana de Belém, no Pará, recebem doações da Universal

A ação beneficiou mais de 500 pessoas e foi, também, uma oportunidade de levar uma palavra de fé

A pandemia de COVID-19 tem afetado o mundo inteiro. Desde os lugares mais desenvolvidos até os locais mais remotos, os impactos são visíveis e reais.

Na cidade de Ananindeua, região metropolitana de Belém, no estado do Pará, os moradores sentem as dificuldades impostas pela COVID-19. Essas pessoas, que vivem em uma região de difícil acesso e considerada área ribeirinha, muitas vezes, não possuem alimentos para uma refeição básica.

Por isso, recentemente, voluntários do projeto Unisocial, da Universal, levaram doações de alimentos e, sobretudo, uma palavra de fé às pessoas da região.

Os voluntários do grupo precisaram utilizar um barco para ter acesso à população. Ao todo, mais de 500 pessoas foram beneficiadas pela ação.

O Bispo Eduardo Guilherme, responsável pela Universal no estado do Pará, destaca que as pessoas atendidas pela ação vivem em ilhas e, por causa da pandemia, ficaram, literalmente, ilhadas e sem acesso a absolutamente nada.

“Muitos assistem à programação da Universal, por meio da televisão e pediram socorro neste momento tão difícil. Eles estão vivendo da pesca, mas não têm arroz e nem farinha, por exemplo. Elas se encontram fragilizadas e essas cestas chegam em boa hora”, pontuou o Bispo.

Além disso, para o Bispo Eduardo, estar perto de pessoas necessitadas, durante um momento tão difícil que a humanidade enfrenta é uma oportunidade de levar fé e esperança.

“O alimento físico é muito importante, mas o que realmente importa é o alimento espiritual. A comida vai acabar, mas a fé sobrenatural é para sempre e para superar qualquer situação”, disse o Bispo.

Faça uma doação

Desde os decretos de isolamento social, quando milhares de pessoas começaram a sentir o impacto de seus trabalhos paralisados, a Universal tem intensificado suas ações sociais ao redor do Brasil e do mundo.

Agora, todos os templos da Universal se tornaram pontos de coleta para alimentos que serão destinados às pessoas necessitadas.

Se você deseja fazer a diferença na vida de uma família, procure uma Universal e faça sua doação. Encontre a Universal mais próxima de você clicando aqui. Veja a lista de itens que podem ser doados abaixo:

 

–   Arroz;

–   Feijão;

–   Açúcar;

–   Óleo;

–   Café;

–   Sal;

–   Macarrão;

–   Molho de Tomate;

–   Sardinha em lata;

–   Biscoito Doce

–   Biscoito Salgado;

–   Água;

–   Papel higiênico;

–   Escova de dentes;

–   Pasta de dentes;

–   Absorvente;

–   Aparelho de barbear descartável;

–   Sabonete.



  • Rafaela Dias / Fotos: Cedidas 


reportar erro