Rede aleluia
Relógio do Apocalipse permanece apontando 100 segundos para o fim
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 29 de Janeiro de 2021 - 08:54


Relógio do Apocalipse permanece apontando 100 segundos para o fim

Segundo cientistas, este é um marco histórico. Veja como se preparar para o fim

Relógio do Apocalipse permanece apontando 100 segundos para o fim

O Boletim de Cientistas Atômicos anunciou, na última quarta-feira (28), que o “Relógio do Apocalipse” continua parado e apontando 100 segundos para meia-noite, que simboliza o fim do mundo. Ele permanece na mesma posição desde janeiro do ano passado. 

O relógio está mais próximo da meia-noite e é um marco histórico. Durante o período da Guerra Fria, por exemplo, o ponteiro apontava 17 minutos para o fim. 

A presidente e CEO do grupo de cientistas que controla o relógio, Rachel Bronson, destacou que “a letal e assustadora pandemia da COVID-19 serve como alerta histórico”. 

Isso porque, segundo ela, “os governos nacionais e as organizações internacionais estão despreparados para administrar as ameaças de armas nucleares e mudanças climáticas que realmente acabam com a civilização”.

Previsões falhas

O ser humano tem a necessidade de tentar prever o que acontecerá no futuro e quando, de fato, será o fim da humanidade. Estudos são feitos, avisos emitidos e rumores sondam o planeta alertando sobre o fim.

A colunista Núbia Siqueira destaca que até mesmo pessoas descrentes ficam alerta ao que tem acontecido com o planeta. 

“É claro que o Relógio do Apocalipse é uma metáfora. Mas vemos, através dele, que até mesmo pessoas que não conhecem ou não creem na Palavra de Deus, percebem o momento crítico que o mundo enfrenta”, disse.

Além disso, ela ainda pontuou que muitos cristãos têm ignorado os sinais. “Como pode pessoas que se dizem de Deus estarem a perder tempo com futilidades? Como pode alguém que serve a Deus, pensar em objetivos pessoais e vaidosos enquanto o mundo precisa urgente da mensagem da salvação?”, indagou. 

Por isso, para ela, o problema da atualidade é, sobretudo, “a pouca sede de Deus” e o mundo precisa estar em alerta para o fim. 

“Se o Relógio do Apocalipse daqui é uma alegoria, o relógio do céu é real, e os seus ponteiros marcam de forma exata o pouco tempo que o mundo tem para se voltar para o Todo-Poderoso. Esse tempo deve ser usado para o arrependimento, para uma busca sincera e intensa de comunhão com o Altíssimo”, acrescentou.

Ninguém sabe o dia e a hora

O fato é que ninguém sabe o dia e a hora em que o Senhor Jesus virá buscar sua Igreja e iniciará a ascensão do Anticristo e o fim dos tempos. Contudo, quando esteve na Terra, o Senhor Jesus alertou sobre o fim. Veja abaixo:

“Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.” Mateus 25:13

Apesar de ter dito que não saberemos o dia em que chegaria o fim, o Senhor Jesus deixou claro quais são os sinais para que todos estejam alertas e preparados. Veja-os em Mateus 24:3-13.

“Com certeza, o final dos tempos surpreenderá a maioria dos que se consideram cristãos. Não só pelo desastre dos fatos em si, mas, sobretudo, pela separação dos chamados e escolhidos dos chamados e rejeitados”, disse o Bispo Edir Macedo, em uma publicação em seu blog.

Prepare-se

Por não saber o dia em que o fim chegará, é fundamental que o ser humano esteja preparado para o momento em que o Senhor Jesus voltará e o fim do mundo acontecerá.

No entanto, é preciso que o ser humano saiba quais serão os sinais e como se preparar para encontrar o Senhor Jesus em Sua volta.

No livro “A Terra vai pegar fogo“, o Bispo Renato Cardoso comenta sobre o assunto e faz profundas revelações a respeito do fim dos tempos. Clique aqui e adquira o exemplar do livro.

Além disso, todos os domingos, às 18h, acontece, em todos os Templos da Universal, a reunião para o Estudo do Apocalipse, onde é estudado, com profundidade, quais serão os acontecimentos que antecederão a volta de Jesus.

Clique aqui e encontre uma Universal mais próxima de você. Participe também no Templo de Salomão, localizado na avenida Celso Garcia, 605, no bairro do Brás, em São Paulo.


Relógio do Apocalipse permanece apontando 100 segundos para o fim
  • Rafaela Dias / Foto: Getty Images 


reportar erro