Rede aleluia
Record TV conquista prêmio internacional com documentário sobre violência contra as mulheres no campo
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de Junho de 2021 - 20:22


Record TV conquista prêmio internacional com documentário sobre violência contra as mulheres no campo

É a primeira vez que uma emissora de TV brasileira ganha o prêmio One World Media

Record TV conquista prêmio internacional com documentário sobre violência contra as mulheres no campo

O documentário Agricultoras Violentadas, que foi ao ar em setembro do ano passado no Repórter Record Investigação, flagrou um fenômeno cada vez mais grave nas metrópoles brasileiras, mas ainda obscuro no campo. Em cidades rurais de Minas e Goiás, a reportagem mostrou a rotina de abuso contra mulheres já exaustas pelo trabalho nas lavouras. O trabalho recebeu o reconhecimento com o prêmio One World Media, pela primeira vez vencido por uma emissora brasileira.


Record TV conquista prêmio internacional com documentário sobre violência contra as mulheres no campo
  • JR na TV - R7 / Foto: Reprodução 


reportar erro