Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 2 de junho de 2020 - 15:16


Quarentena: Crise econômica se agrava e aumenta necessidade de ajuda humanitária

Universal já distribuiu 10 mil toneladas de alimentos em todo o Brasil. Quase 460 mil voluntários da Igreja se mobilizaram para socorrer famintos, idosos e doentes.

Decretada para evitar a propagação do novo coronavírus, a quarentena está paralisando, há mais de dois meses, a atividade produtiva no Brasil. Assim, ao mesmo tempo que evita que a doença se alastre, ela espalha outro mal pelo país: a miséria. Em desespero, famílias e comunidades inteiras estão pedindo socorro à Igreja Universal do Reino de Deus, que já doou mais de 10 mil toneladas de alimentos a segmentos fragilizados da população.

Depois do primeiro caso conhecido de Covid-19, em fevereiro, o Brasil começou a sentir os efeitos econômicos da doença. A partir da imposição do isolamento social com a decretação de quarentena em estados e municípios para conter o avanço da epidemia, foi determinado o fechamento de estabelecimentos de comércio e de serviço. Da noite para o dia, milhões de brasileiros perderam sua fonte de renda.

Desde o início desta crise, 459 mil voluntários dos programas sociais da Universal já foram mobilizados para ajudar os mais necessitados, como moradores de comunidades carentes, pessoas em situação de rua, detentos, idosos, doentes, entre outros.

As iniciativas da Universal já distribuíram 8,7 mil toneladas em cestas básicas e alimentos in natura, 243 mil refeições, 80 mil litros de suco, 66 mil litros de leite, 410 mil litros de água, entre outros itens. Veja no fim deste texto o levantamento completo das ações.

Ulisses Gomes, responsável pelo programa social Universal Socioeducativo, relata que se deparou com uma situação de desespero na Comunidade do XV, em Guarulhos (SP). “Encontramos lá várias pessoas em sofrimento, na completa miséria. Conseguimos ajudar cerca de 100 famílias com cestas básicas e máscaras. Uma jovem que vive com cinco filhos em um único cômodo, nos disse que, se não tivéssemos chegado, dormiriam mais uma noite com fome”, contou.

Em comunidades como essa, a crise econômica é especialmente perversa, porque a maior parte da força de trabalho atua na informalidade ou em empregos de baixa remuneração.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o desemprego já aumentou em todas as regiões do país. A Região Nordeste foi a mais afetada, onde o número de trabalhadores sem ocupação chegou 15,6%. A taxa também aumentou nas demais regiões. Mas diferentemente do que ocorreu em outras crises no passado, os desempregados não  poderão recorrer aos “bicos” como meio de subsistência, porque a queda do consumo provocada pela quarentena é imensa, e, segundo o IBGE, também não há demanda para os informais.

Pedidos de socorro

“Boa tarde. Queria saber se vocês conhecem alguém que esteja ajudando as pessoas com cesta básica? Estou desempregada e com quatro crianças em casa, então fica difícil sair pra rua, eu vendia roupas, mas agora não dá pra sair de casa.”

“Tive minha casa atingida por um incêndio no Caminho da Divisa, em Santos (SP). Estou desempregada, auxilio minha filha que está grávida de gêmeos e tenho outros netos e filhos. Perdi tudo. Não tenho um alimento para colocar na boca da minha família e nem uma roupa para vestir amanhã”.

Pedidos como estes têm chegado diariamente aos programas sociais da Universal. Todos são avaliados e, na medida do possível, são atendidos.

“Uma enfermeira responsável por uma casa de repouso entrou em contato, pelo WhatsApp, com o Grupo Calebe [programa social de apoio aos idosos], pois a instituição estava precisando muito de alimentos, materiais de higiene e produtos de limpeza”, contou o responsável pelo Calebe, Antônio Santana.

Além de alimentos, a Universal também já distribuiu 450 mil kits de higiene, 153 mil conjuntos de máscaras e luvas, 147 mil peças de vestuário (roupas e calçados), 2,7 mil cobertores. A relação completa de donativos está disponível no final do texto.

Exército de voluntários

Para oferecer esta ajuda aos afetados pela crise econômica e social, os voluntários da Universal estão mobilizados para, por exemplo, recolher e distribuir donativos, promover campanhas de doação de sangue, visitar idosos abandonados em asilos ou oferecer um prato de comida e um banho para moradores de rua.

“Ajudar as pessoas é um ato de amor, é saber me colocar no lugar do outro, é saber que um sorriso vai surgir em meio a tanta dor e dificuldade”, relata Adriele Dias Marcos, 27 anos. Ela é um dos 30 mil voluntários do programa social Força Jovem Universal (FJU).

Na opinião de Rodrigo Carvalho da Silva, um dos 180 mil voluntários do Unisocial-EVG, “muitas pessoas já vinham de um período de desemprego, passando necessidade, sem amparo dos governos. E foram surpreendidas por um momento maior de privação, sem trabalho, sem ter como gerar sustento, de prover o básico para sobrevivência”.

“É muito gratificante ver o brilho no olhar de cada pessoa quando levamos um pouco de alimento que seja, uma roupa, um cobertor”, conclui.

Outra forma de colaborar com os mais atingidos pela crise, é doando itens de primeira necessidade para os mais carentes.

Este foi o caso de um proprietário de uma rede de petshops, de 33 anos de idade, morador de Poá (SP), que prefere ficar no anonimato. Ele doou mil cestas básicas e 3 mil máscaras de proteção. Segundo o empresário, que conta que já passou fome e viveu na miséria, depois que viu um apelo pela TV, ficou sensibilizado e procurou o Universal Socioeducativo para fazer a doação.

Para colaborar com a ajuda humanitária aos brasileiros que passam necessidade neste momento, procure um templo da Universal para doar alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza. Clique aqui para localizar o endereço mais próximo.

Se preferir, ligue para (11) 3573-3535, ou colabore pelo site Universal.org.

Doações
ALIMENTOS QUANTIDADE (kg)
Cestas Básicas/alimentos in natura/alimentos 8.714.628,10
Refeições 363.994,50
Pães 612,00
Kits de pães e leite 516,1
Sucos 80.490,40
Leite 65.570
Kit de café 63
Bolo médio 50
Lanches 180
Canjica 40
Água 409.988,50
Total 9.636.132,60
Doações Diversas
MATERIAL QUANTIDADE
Álcool em gel 26.204
Andadores 33
Atividades para crianças 225.528
Aventais 62
Bengalas 2
Berços 3
Bíblias 14.544
Botijões de gás 886
Brinquedos 4.327
Cadeira de balanço 1
Cadeira de bebê 1
Cadeiras de roda 79
Cadeiras de banho 115
Cadeiras de roda motorizada 2
Caixa dágua de 1000 litros 1
Caixinhas de promessa 50
Camas 39
Cama hospitalar 1
Carrinho de bebê 1
Cercado para bebê 1
Cobertores 2.697
Colchões 204
Cômoda 1
Conj. de mesa e cadeira 2
Copos descartáveis 2.000
DVDs Nada a Perder / Bispo Macedo 237
Fogões 184
Folhinha Universal 77.554
Fraldas geríatricas 18.935
Fraldas 9.403
Geladeiras 35
Janelas 2
Jogos de panelas 2
Kit berço 1
Kits com caneta e chocolate 1.513
Kits de limpeza 27
Kits de fralda 2
Kits para bebês 35
Kits de fralda e lenço umedecido 367
Kits de material de limpeza 151
Kits de Shampoo e Condicionador 155
Kits de higiene 450.488
Lenços umedecidos 459
Livros 2.995
Máscaras e luvas 153.398
Material escolar 30.977
Medicamentos 1.371
Mesas 2
Outras doações (remédios, álcool em gel, máscaras, roupas, lençóis, cama, colchão, água sanitária, papel higiênico) 16.150
Pares de muletas 3
Pares de sapatos 14.437
Peças de roupa 132.219
Porta 1
Produtos de higiene 8.727
Produtos de limpeza 17.603
Propés 1.100
Rádios 2
Sofás 4
Sofá de descanso para idoso 1
Televisores 44
Telhas 15
Toalhas 920
Toucas cirúrgicas 1.109
Ventilador 1
Jogo de xícaras 1
Total de doações diversas 1.217.414
Beneficiados
Pessoas beneficiadas (com doação de alimentos e outros itens) 3.228.487
Idosos acompanhados para vacina 28.549
Idosos beneficiados 131.757
Crianças beneficiadas 20.495
Profissionais da saúde alcançados 5.057
Pessoas doentes beneficiadas (doação de sangue) 39.544
Total 3.453.889
Doadores de sangue
9.886
Voluntários
Voluntários envolvidos 459.284

UNIcom — Departamento de Comunicação Social e de Relações Institucionais da Universal


  • UNIcom 


reportar erro