Rede aleluia
Qual o estado da lâmpada do seu corpo?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 9 de fevereiro de 2020 - 00:05


Qual o estado da lâmpada do seu corpo?

Você sabia que, dependendo da escolha que você fizer, seu corpo pode trazer luz ou escuridão para a sua vida? Entenda por que é importante ter bons olhos

Qual o estado da lâmpada do seu corpo?

Por meio dos olhos você enxerga o mundo ao seu redor. Imagine, por exemplo, que duas pessoas passam pela mesma situação, mas cada uma a interpreta de uma maneira: uma enxerga o lado positivo e a outra o lado negativo. O Texto Sagrado mostra que o Senhor Jesus ensinou algo valioso a respeito dessa forma de olhar as coisas e as pessoas. “São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas.” (Mateus 6.22-23).

Ou seja, a forma como a pessoa enxerga tudo e todos refletirá em suas ações e reações e também afetará todas as áreas da sua vida, inclusive o modo como vê a si mesma. Se a pessoa só consegue enxergar seus próprios defeitos, consequentemente olhará para os outros com o mesmo olhar crítico. Os maus olhos se tornam uma espécie de ciclo e para esta pessoa tudo sempre tem defeito. Ela torna-se alguém difícil de conviver.

O Bispo Júlio Freitas explica que essas pessoas estão sempre atentas à vida alheia. “Ter maus olhos é estar sempre pronto para ver as falhas e os erros dos outros e nunca o que é bom. Pessoas assim vivem para criticar, pois só conseguem ver os defeitos. Elas estão constantemente preocupadas com o que os outros fazem ou deixam de fazer. Julgam, condenam e até vêm problemas onde eles não existem.”

No entanto, quando essa pessoa reconhece que tem maus olhos e escolhe ver o lado positivo, ela compreende o outro, perdoa e torna-se agradável. As pessoas sentem-se bem em sua companhia.

Olhando as situações ao redor
Há ainda pessoas que olham para as circunstâncias e para tudo que faz parte da vida sempre com maus olhos: o trabalho, o casamento, a faculdade, a Igreja, a Obra de Deus, etc. A forma como você olha é decisão sua. Por exemplo, se alguém na igreja
tratá-lo mal, você pode escolher virar as costas para ela – há até quem deixe de ir à igreja em situações desse tipo – ou você pode olhar com bons olhos e orar por essa pessoa, que possivelmente não está bem, e, quem sabe, até lhe oferecer ajuda. Os bons olhos impedem que situações ruins contaminem seu corpo (a sua mente e pensamentos) e deixem você em trevas.

Outro exemplo: você é casado e recebe um agrado inesperado de seu cônjuge. Você pode olhar com maus olhos e interpretar que ele quer algo em troca ou pode ver que seu parceiro está se esforçando para lhe agradar.

Ter bons olhos é uma decisão individual e também diária. Após tomá-la, você ficará diante de diversas situações-teste. Qual será a sua escolha? Ter bons olhos não significa ser bobo, mas focar no que é bom.

O exemplo do ladrão ao lado de Jesus
A Bíblia traz um exemplo claro de que não importa quem somos ou o que fizemos e que ter bons olhos pode mudar o rumo de nossas vidas. Quando o Senhor Jesus estava para ser crucificado, Ele foi colocado no meio de dois ladrões, ambos criminosos condenados pela justiça humana a pagar seus crimes com a vida. O passado de erros de ambos poderia influenciar a visão deles sobre Jesus, mas cada um viu de forma diferente a situação em que Cristo se encontrava.

“Um dos malfeitores crucificados blasfemava contra ele, dizendo: Não és tu o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós também. Respondendo-lhe, porém, o outro, repreendeu-o, dizendo: Nem ao menos temes a Deus, estando sob igual sentença? Nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o castigo que os nossos atos merecem; mas este nenhum mal fez. E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim, quando vieres no teu reino. Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.” (Lucas 23.39-43).

Você percebeu a diferença no olhar daqueles homens? O que escolheu olhar com bons olhos naquele mesmo dia deixou a condição de ladrão condenado e foi com o Salvador para o paraíso, na certa em seus momentos angustiantes na cruz ele se arrependeu da vida que levara e creu que ao seu lado estava o Próprio Deus. Imagine o olhar de amor, compaixão e perdão de Jesus para com ele.

Falamos até aqui dos maus olhos com situações e pessoas, mas muitos têm maus olhos em relação a Deus, blasfemando e dizendo que Ele o abandonou ou mostrando isso quando não veem mais as coisas de Deus como santas.

Não importa a situação, Deus tem bons olhos a seu respeito. Ele acredita no seu potencial. Escolha hoje se arrepender e mudar seu olhar sobre Ele, coisas e pessoas. Sua vida será completamente diferente.


Qual o estado da lâmpada do seu corpo?
  • Kelly Lopes / Foto: Getty Images 


reportar erro