Rede aleluia
Projeto Unisocial auxilia grupo de palhaços e animadores de festas, no Pará
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 3 de junho de 2020 - 13:26


Projeto Unisocial auxilia grupo de palhaços e animadores de festas, no Pará

Projeto Unisocial auxilia grupo de palhaços e animadores de festas, no Pará

O período de quarentena contra a pandemia causada pelo novo coronavírus buscou proteger a população. Mas, em contrapartida, também gerou efeitos colaterais na sociedade. Entre eles, os problemas econômicos ocorridos em muitas famílias pelo País.

Só para ilustrar, entre março e abril deste ano, 1,5 milhão de pessoas em empregos formais foram demitidas, segundo o Ministério da Economia. Mas, os mais afetados são os profissionais liberais e aqueles com atividades informais. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), da mesma época, mostram que quase metade da população vive na informalidade profissional.

Por causa desse período difícil, a Universal tem investido pesadamente ajudando aos que mais precisam com doações de alimentos, produtos de higiene pessoal e ações sociais.

Ação social no Pará

No dia 29 de maio, por exemplo, o Projeto Unisocial atendeu uma companhia de palhaços e animadores de lojas e festas (foto acima), no estado do Pará, que estão sendo diretamente impactados com este cenário econômico.

“Nós estamos sem eventos. É muito tempo sem trabalhar. O auxílio é muito pouco. Não dá para pagar as contas e comprar alimentos. Então, o Projeto Unisocial é uma troca de amor da Igreja Universal com todos nós, animadores. E agradecemos, porque, estamos, realmente, necessitando de auxílio, neste momento. Que Deus continue abençoando todos vocês”, enfatizou o representante do grupo, que se identificou como Palhaço Roquinho.

O grupo e as famílias receberam cestas contendo frutas e verduras, além de pacotes com produtos para higiene pessoal. Sobre a ação, o Pastor Maurício Carraro, responsável pelo grupo de Evangelização (EVG) da Universal, no estado do Pará, disse: “Está escrito que a alegria do Senhor é a nossa força (Neemias 8:10). E eles diante de toda a dificuldade têm um sorriso no rosto, superando os medos e as dificuldades. Desejamos que, por meio desse projeto, possamos ajudá-los e ajudar as suas respectivas famílias”.

Se você deseja conhecer mais sobre as atividades sociais da Universal no Brasil e em outros países, clique aqui.


Projeto Unisocial auxilia grupo de palhaços e animadores de festas, no Pará
  • Da Redação / Foto: Cedida 


reportar erro