Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de outubro de 2019 - 12:59


Projeto “EBI em Ação” visita instituição que ajuda crianças e adolescentes com câncer

Educadoras do Templo de Salomão levaram brincadeiras, diversão e fé à Casa Ninho. Veja como foi

Quem pensa que o trabalho da Escola Bíblica Infantil (EBI) se limita às aulas dadas pelas educadoras durante os cultos na Universal está enganado. Dentro do grupo existe um projeto chamado “EBI em Ação”, que, mensalmente, organiza ações voltadas para crianças.

“Fazemos ações em parques, orfanatos, casas de apoio, hospitais, comunidades, etc. Além disso, realizamos campanhas para ajudar instituições e crianças em situação de vulnerabilidade. Esse projeto atua em todas as Escolas Bíblicas do Brasil e em alguns países”, explica Beatriz Rodrigues, coordenadora nacional do projeto.

Visita à Casa Ninho

No fim de setembro, um grupo de dez integrantes do projeto no Templo de Salomão visitaram crianças na Casa Ninho, situada no bairro da Aclimação, zona sul de São Paulo. O local é um lar provisório para receber crianças e adolescentes em tratamento de câncer.

As educadoras passaram uma tarde especial com treze crianças e adolescentes, levando brincadeiras, um piquenique e, acima de tudo, fé.

“Nosso objetivo é contribuir com a instituição, apoiando essas famílias, a fim de levar alegria e fé. Fizemos uma tarde de piquenique, com a hora da história, culinária e brincadeiras educativas. Um garotinho nos disse que nunca havia participado de um piquenique antes, imagine a animação?”, comenta Beatriz.

Mensagem de superação

As crianças foram impactadas com a palavra de amor próprio e superação em qualquer adversidade. Além disso, elas amaram participar das brincadeiras e da experiência culinária. “Onde estiverem crianças e famílias em situação difícil, ali estaremos também”, conclui Beatriz.


  • Rafaella Rizzo / Fotos: Cedidas 


reportar erro