Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 6 de setembro de 2018 - 00:05


Por que o Senhor Jesus nasceu na tribo de Judá?

Esse detalhe traz um significado muito profundo registrado na Bíblia. Entenda

Tanto o Antigo Testamento quanto o Novo Testamento apontam para o Reino que o Senhor Jesus veio estabelecer entre a humanidade.
E esse Reino já era predito desde o livro de Gênesis, na Bíblia – que trata do início da história dos seres humanos.
Essa missão começou na aliança entre Deus e Abraão. Depois, Abraão gerou Isaque e passou para ele essa fé. E Isaque transmitiu essa bênção para o seu filho Jacó (ou Israel). Ele, por sua vez, teve filhos, que geraram as doze tribos de Israel.
Então, vemos que Jacó profetizou, por meio do Espírito Santo, algo que aconteceria com a descendência de seu filho Judá.
“O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a Ele se congregarão os povos. Ele amarrará o Seu jumentinho à vide, e o filho da sua jumenta à cepa mais excelente; Ele lavará a Sua roupa no vinho, e a Sua capa em sangue de uvas.” Gênesis 49.10-11
Perceba que Jacó destaca alguns detalhes. O cetro representa a figura do rei. E nesse cetro “congregarão os povos”, ou seja, o Senhor Jesus veio para ser o Pastor e arrebanhar os povos. Depois, vemos a figura do jumentinho amarrado à videira. Na Bíblia, o profeta Zacarias havia anunciado que o Senhor Jesus adentraria Jerusalém em um jumentinho (Zacarias 9.9). E no livro de Mateus, capítulo 21, vemos que essa profecia se cumpriu. E, por último, temos a figura do sangue, que remete ao Seu sacrifício na cruz.
Continuando pela Bíblia, o livro de Mateus é iniciado registrando toda a genealogia terrena do Senhor Jesus. Conferimos que de Judá veio o rei Davi e este gerou uma linhagem de reis. Até que veio o Messias:
“E Jacó gerou a José, marido de Maria, da qual nasceu JESUS, que Se chama o Cristo.” Mateus 1.16
O profeta Jeremias também havia anunciado a Israel, por meio do Espírito Santo, que o Senhor Jesus viria da tribo de Judá (Jeremias 23.5).
Portanto, o nascimento do Senhor Jesus na tribo de Judá ocorreu para que se cumprisse o que estava escrito na Palavra de Deus.
Apesar das evidências bíblicas, muitas pessoas ainda duvidam de que o Senhor Jesus é o próprio Deus-Filho. Afirmam que Ele era apenas um homem comum com boas ideias, uma figura histórica. Porém, não é verdade. No livro de Apocalipse, vemos o Senhor Jesus glorificado no Reino dos Céus (Apocalipse 5.5-6).
Novela Jesus
Acompanhe a novela Jesus, que é exibida pela Record TV, de segunda a sexta-feira, às 20h45. Essa superprodução retrata em detalhes a belíssima trajetória do Senhor Jesus na missão de salvar a humanidade da morte eterna.


  • Daniel Cruz / Foto: Reprodução 


reportar erro