Rede aleluia
Pessoas em situação de vulnerabilidade foram amparadas em Francisco Morato
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 15 de Setembro de 2021 - 16:59


Pessoas em situação de vulnerabilidade foram amparadas em Francisco Morato

Na oportunidade, voluntários da FJU fizeram doações e levaram uma palavra de fé na região metropolitana do estado de São Paulo

Pessoas em situação de vulnerabilidade foram amparadas em Francisco Morato

Durante várias semanas do inverno, as temperaturas ficaram baixas no Estado de São Paulo. Diante dessa realidade, voluntários da Universal se mobilizaram ainda mais com o intuito de levar conforto físico a quem mais precisava de ajuda. Com isso, as ações não pararam. Um bom exemplo é a Força Jovem Universal (FJU) em Francisco Morato, município na região metropolitana do Estado de São Paulo: cerca de 20 voluntários desse grupo se mobilizaram para arrecadar agasalhos e cobertores, que foram entregues no centro POP da cidade – um departamento que acolhe pessoas em situação de vulnerabilidade. O ato marcou mais um gesto de amor ao próximo. Muitas pessoas foram alcançadas com as doações.

Mãos que ajudam
Além da ajuda física, todas as pessoas em situação de rua presentes puderam compreender que, apesar de os voluntários não sentirem o mesmo frio em suas peles, eles sentiam a dor deles.

Aliás foi isso que o Próprio Senhor Jesus ensinou a todos: que devessem sentir a dor do próximo.

De acordo com o obreiro Henrique Guerra, responsável pelo trabalho na região, o momento foi de grande valia. “Temos a consciência que fazendo o bem ao próximo estamos fazendo o bem para nós mesmos. Além disso, entendemos que todos os que estão naquela situação precisam de acolhimento e também de uma palavra de fé”, comentou.

E todos foram beneficiados com a ação, não apenas quem recebeu ajuda como também aqueles que disponibilizaram seu tempo. Para o voluntário Thiago Henrique Soares, de 21 anos, o trabalho social da Universal é muito importante, pois tem o objetivo de ajudar as pessoas mais necessitadas a encontrarem refúgio: “a minha experiência foi magnífica ao ver as pessoas sendo acolhidas mesmo em meio à tanto desprezo social no qual elas se encontram”, afirmou.

Amparo que enobrece
Você também pode ajudar, fazendo sua doação em gesto de amor ao próximo. Cada uma das igrejas espalhadas pelo País e em todo o mundo se tornou ponto de arrecadação de roupas, meias, cobertores e colchões. Acesse a página universal.org/localizar e encontre o endereço de uma Universal mais próxima de sua casa. Se quiser se tornar um voluntário, fale com um Pastor.


Pessoas em situação de vulnerabilidade foram amparadas em Francisco Morato
  • Débora Picelli / Fotos: FJU de Francisco Morato 


reportar erro