Rede aleluia
Pesquisa revela que filhos trocariam presentes por mais tempo com os pais
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 5 de setembro de 2019 - 19:17


Pesquisa revela que filhos trocariam presentes por mais tempo com os pais

Voluntárias estão proporcionando momentos de lazer para famílias em todo o Brasil.

Pesquisa revela que filhos trocariam presentes por mais tempo com os pais

Nem presentes, nem liberdade. O que os filhos querem é passar mais tempo ao lado dos pais. Essa foi a resposta de 73% das crianças que foram entrevistadas por uma rede de fast-food dos EUA. Entre as 20 coisas que eles mais gostariam de fazer junto com os seus pais, estava a ida ao cinema, ocupando a 5º posição.

É nesse sentido que, no mês de setembro, o programa social Escola de Mães estará levando mais de 6 mil pais e filhos aos cinemas de todo o Brasil. Apenas no último domingo (1º), na capital paulista, mais de 300 deles compareceram ao cinema do Shopping Center Norte e assistiram à superprodução “Nada a Perder 2”.

Edineia Dutra, psicóloga e responsável pelo programa social, afirma que promover momentos como esse é essencial para que os pais compreendam que é possível se dedicar a família, mesmo com pouco tempo disponível.

“Quando abordamos sobre esse tema em nossas palestras, é muito comum recebermos ‘justificativas’ dos pais, dizendo que o cansaço mental é tão grande devido à jornada dupla de trabalho (fora e dentro de casa), que acaba faltando disposição e tempo para se dedicarem mais ao lazer com os seus filhos”, explicou Edineia.

Ela também relata que, para preencher essa lacuna, alguns pais tentam dar presentes ou até mesmo motivam seus filhos a saírem com amigos. “ Infelizmente, essas atitudes têm contribuído para criar um distanciamento afetivo entre pais e filhos, no qual cada um permanece centrado em si mesmo, mantendo um ambiente onde todos se conhecem, mas não se relacionam”, finalizou a psicóloga.

Saiba mais sobre o programa social

A Escola de Mães, onde os pais são bem-vindos, teve início em 2012 e atua em todo o Brasil e em mais 30 países.

As atividades do grupo englobam palestras e orientações individuais, nas quais os pais recebem o suporte para educar e manter uma relação cotidiana saudável com os seus filhos, sempre com base nos valores da família. Em 2018, mais de 260 mil pessoas foram beneficiadas pelo programa social.

Caso tenha interesse em participar, clique aqui.


Pesquisa revela que filhos trocariam presentes por mais tempo com os pais
  • Unicom 


reportar erro