Rede aleluia

Notícias | 10 de outubro de 2019 - 12:29


Outubro Rosa e a prevenção do câncer de mama

Fique atenta aos sintomas e procure ajuda. Saiba mais

No mês da campanha que coloca em destaque a saúde da mulher, é importante ressaltar que todas devem saber da grande importância de fazer o autoexame das mamas. Isto porque este simples gesto é fundamental para indicar o câncer de mama, uma das maiores causas de mortalidade entre as mulheres de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

O câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete brasileiras, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino. Para o Brasil, foram estimados 59.700 casos novos de câncer de mama em 2019, com risco de 56 casos a cada 100 mil mulheres.

O tumor maligno é caracterizado pelo crescimento acelerado e desordenado de células mamárias. Ele também pode apresentar nódulos duros, que geralmente são indolores e irregulares. Outra característica é a pele, que quando existe o câncer, pode ficar com o aspecto de casca de laranja. Além disso, alguns pequenos caroços podem surgir embaixo do braço.

Por isso, quanto mais você se tocar e conhecer o seu corpo, mais fácil fica de identificar pequenas alterações nas mamas. O ideal é realizar o autoexame a partir dos 20 anos de idade. Já alguns ginecologistas recomendam que o exame seja feito desde a primeira menstruação.

Especialistas afirmam ainda que 95% dos casos de câncer detectados desde o início têm maiores chances de cura.

De acordo com a mastologista do Hospital Moriah, Dra. Milca Cézar Chade, é após os 35 anos de idade que a incidência do câncer cresce progressivamente, e especialmente após os 50 anos há um aumento significativo dos casos. Homens também podem ter câncer de mama, mas os casos são raros.

A doutora Milca ainda afirma que alguns cuidados podem evitar o aparecimento do câncer. São eles:

  • Praticar atividade física
  • Manter o peso adequado
  • Evitar consumo de bebidas alcoólicas
  • Amamentar
  • Alimentar-se de forma saudável

Mas, para aquelas que já foram diagnosticadas com o tumor, a doutora dá a seguinte orientação: “Dependendo do tipo e tamanho do tumor é que se vai tomar a decisão por qual tratamento realizar: pela quimioterapia ou por cirurgia. E, também, se ambos serão necessários ou outros”, disse.

Veja como fazer o autoexame da mama:

Em frente ao espelho: observe o bico dos seios, a pele e o contorno das mamas. Fique atenta a quaisquer alterações, tais como achatamento ou inversão dos bicos, vermelhidão e aspereza.

Deitada: apalpe uma mama por vez com movimentos circulares e suaves. Fique atenta à presença de nódulos ou caroços.

No banho: com a pele ensaboada, levante o braço direito e deslize os dedos da outra mão suavemente sobre a mama. Depois faça o mesmo com o outro lado.

O cuidado consigo mesma

A escritora Cristiane Cardoso explica em seu livro “A Mulher V” a importância do cuidado que todas devem ter não somente com a alma, mas também com o corpo.

“Sendo assim, o segredo do cuidado de si mesma começa com a sua atitude. Não basta você dizer que vai começar a se cuidar e seja o que Deus quiser. Primeiro, precisa estar consciente de por que deve se cuidar. Faça por si mesma. Primeiro as primeiras coisas. Se você não cuidar de si mesma, quem vai? É como matar a sede: se não beber água, ninguém poderá beber por você. Cuidar de si mesma é uma necessidade básica. Você não deve se cuidar por causa do seu marido ou de uma amiga, deve se cuidar por causa de si mesma”.

Mais conselhos para as mulheres

Se você deseja receber mais dicas que envolvem o universo feminino, compareça neste próximo sábado (12 de outubro) à reunião do Godllywood Autoajuda, no Templo de Salomão, com videoconferência para os principais templos da Universal espalhados pelo Brasil.

O encontro está marcado para às 18h e será ministrado pela escritora e palestrante Cristiane Cardoso. O evento acontecerá na avenida Celso Garcia, 605, Brás. Caso você resida em outras localidades, encontre a Universal mais próxima clicando aqui. 


  • Sabrina Marques / Foto: Getty Images 


reportar erro