Rede aleluia
Oportunidade às pessoas que vivem em situação de rua em Moscou, capital russa
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 16 de setembro de 2020 - 13:09


Oportunidade às pessoas que vivem em situação de rua em Moscou, capital russa

Voluntários do grupo EVG prestaram socorro físico e espiritual a dezenas de pessoas. Saiba como foi

Oportunidade às pessoas que vivem em situação de rua em Moscou, capital russa

Na primeira quinzena de setembro, voluntários do grupo Evangelização (EVG) em Moscou, capital da Rússia, realizou mais uma ação social no Centro de Adaptação Social E. P. Glink, com as pessoas que vivem em situação de rua.

Com todos os cuidados de higiene necessários, mais de 50 pessoas foram alcançadas pela Universal. Na oportunidade, houve a doação de exemplares de livros espirituais e Bíblias, além da entrega de refeições e uma palavra de esperança e fé.

A Bíblia diz:

“Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á” Mateus 7.7

Por meio do versículo bíblico acima, os voluntários explicaram aos moradores que vivem em situação de rua que para Deus não há impossível e que a condição em que vivem pode mudar, porém, cada um deles deve fazer a sua parte e buscá-Lo.

De acordo com o Pastor Peterson Fragoso, responsável pela ação, o momento foi muito benéfico. “Encontramos muitas pessoas que, além de viver nas ruas, se encontram doentes e vivendo na dependência de medicamentos doados pelos próprios voluntários e governo”, comentou ele.

O Pastor ressaltou ainda que a visita serviu para dar a todos uma oportunidade de transformação, dando um passo em direção a Deus.

Ajuda que salva

Em um momento em que o mundo vive, ajudar o próximo tem sido algo mais difícil, mas, apesar das dificuldades, os voluntários não esmoreceram. O voluntário Petr Andrianov, de 51 anos, comentou sobre essa situação.

“Não podemos deixar de atender os mais necessitados, pois se antes da pandemia eles já precisavam de ajuda, agora, então, ainda mais. Respeitamos todas as normas de segurança, pois sabemos o quanto esse momento é importante para eles e também para nós”, concluiu Andrianov.

Você também pode se tornar um voluntário. Clique aqui e encontre o endereço da Universal mais próxima.

Para saber mais sobre as ações que os grupos realizam no País e em todo o mundo, acesse aqui.

 

 


Oportunidade às pessoas que vivem em situação de rua em Moscou, capital russa
  • Débora Picelli / Foto: Cedidas pelo grupo EVG Rússia 


reportar erro