Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 25 de março de 2018 - 03:05


O sucesso em uma única lição

Saiba como foi o encontro mensal de homens, no dia 11 de março, promovido pelo Projeto IntelliMen

Ao avaliar os mapas que mostravam os territórios de domínio babilônico, o imperador Dario percebeu que a tarefa de administrar todo aquele espaço não seria fácil. Então, decidiu nomear três presidentes – que seriam auxiliados por 120 príncipes espalhados por todo o reino – para ajudá-lo nesse desafio.

Daniel, que era hebreu, fazia parte do grupo de presidentes. Por ser mais inteligente e ter um espírito excelente, Daniel se destacou – de tal modo que Dario resolveu colocá-lo como presidente

geral. Isso despertou a inveja nos demais administradores e eles tramaram uma maneira de derrubá-lo.

Eles tentaram encontrar algo para incriminá-lo, mas não tiveram sucesso. A saída foi inventar alguma lei que atacasse a fé de Daniel, que era fiel a Deus. Eles conseguiram fazer que Dario aprovasse um decreto que, de maneira indireta, proibisse Daniel de orar ao Altíssimo por um prazo de 30 dias. Mesmo sabendo da nova lei, o hebreu continuou com as orações. Então, a punição logo veio: apesar de o rei ter procurado maneiras de livrar Daniel, ele teve de ser jogado na cova dos leões.

Talvez você esteja se perguntando: “o que essa história tem a ver com a minha vida?” Se buscar a Bíblia e continuar a leitura descrita no livro de Daniel, capítulo 6, verá que o profeta foi livrado dos leões e sobreviveu. Além disso, o imperador Dario reconheceu o poder do Deus de Israel. Daniel era um “homem de oração” e esse hábito era o seu segredo para ser uma pessoa tão bem-sucedida na vida.

O palestrante Renato Cardoso falou da importância desse hábito de Daniel durante o encontro mensal exclusivo para homens que ocorreu no Templo de Salomão, na capital paulista, no dia 11 de março: “o ser humano criou rezas, rituais e preces, mas a oração foi criada por Deus como um canal de comunicação entre nós e Ele. Daniel tinha esse costume de dobrar os joelhos três vezes ao dia e orar em direção a Jerusalém. Ali estava o segredo de Daniel, o segredo do seu espírito de excelência. Seus adversários usaram a mentira, arrumaram um decreto, uma lei, só para prejudicá-lo. Entretanto, graças à vida de oração de Daniel, aquilo que seus inimigos fizeram se voltou contra eles mesmos. Tudo porque ele tinha uma vida de justiça e de oração com Deus”.

A melhor parte é que você também pode ser uma pessoa de sucesso, como Daniel. Basta que também se torne um “homem de oração”.

“Tudo o que temos de fazer está ao nosso alcance. Podemos fazer tudo o que Daniel fez. Você também pode se tornar essa pessoa de oração. O que você precisa é vencer as ideias de orgulho, a preguiça, as experiências passadas em que a oração não deu certo, entre outros motivos que lhe impedem de orar. A convivência com Deus vem quando você separa um tempo para Ele, como um hábito do dia a dia. Mesmo que você seja muito atarefado, aliás, principalmente se você for muito atarefado”, concluiu.

Intellimen

Você deseja se tornar um homem melhor? Então, o Projeto IntelliMen é para você. São 53 desafios, elaborados pelo palestrante Renato Cardoso, que vão lhe ajudar no pleno desenvolvimento pessoal. Todo o conteúdo é gratuito. Acesse www.intellimen.com e saiba mais


  • Por Daniel Cruz/ Fotos: Marcelo Alves  


reportar erro