Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de outubro de 2019 - 00:05


O que Deus nos pede

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é o que o SENHOR pede de ti:  que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes  humildemente com o teu Deus.” (Miqueias 6.8)

Pratique esses três itens básicos que Deus pede de todos nós.

Três comportamentos que o Senhor pede de Seus filhos:

1 – Que pratiquem a justiça: Deus é justiça. O que Ele pede aqui não é uma justiça teórica, mas a prática da justiça. Dia após dia, aprendendo com Ele a exercer a verdadeira justiça, que vem por meio da fé racional.

2 – Que amem a misericórdia: Amar a misericórdia é não apenas querer a misericórdia para si, mas também ser misericordioso para com o próximo. Olhar com bons olhos, sempre buscar um ângulo positivo ou ao menos neutro (isso também evita cometer injustiça e nos aproxima do item 1).

3 – Que andem humildemente com o seu Deus: O orgulhoso jamais conseguirá andar com Deus, pois o orgulho é uma das características do diabo, foi uma das razões para a sua queda. O humilde é capaz de negar a si mesmo para seguir a Jesus. Ele sacrifica o que for necessário para agradar ao Senhor. O humilde sabe que não merece coisa alguma e sua maior alegria é poder ser uma ferramenta nas mãos de seu Deus. Já viu uma ferramenta orgulhosa? Eu nunca vi.

Note que esses três comportamentos não são ocasionais ou teóricos. A ordem é praticá-los dia após dia, andar continuamente assim a ponto de tais comportamentos passarem a fazer parte do caráter de quem os pratica. Ao se esforçar para se manter na prática desses três pontos-chave, certamente será mais fácil praticar todo o restante da Palavra de Deus, até o que ainda lhe parece difícil.

 (*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo


  • Redação / Foto: Getty Images 


reportar erro