Rede aleluia
O Jesus que devemos conhecer
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 9 de Abril de 2017 - 03:15


O Jesus que devemos conhecer

Saiba como Cristo deve ser reconhecido

Se observarmos o que a Bíblia diz sobre a trajetória do Senhor Jesus, vemos que Ele assumiu diversas formas diferentes.

Inicialmente, Jesus veio como um carpinteiro e depois se transformou em um grande pensador, que uniu pessoas na Galileia e em Jerusalém por meio de um ideal.

Entretanto, Ele foi crucificado e, ao descer ao inferno, arrancou a chave de Satanás, que escravizava as almas das pessoas.

Já em Apocalipse, no Fim dos Tempos, Cristo aparece de outra maneira: “Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro.” Apocalipse 22.13

Essa manifestação do Senhor Jesus em Apocalipse é muito similar à do Deus-Pai no Velho Testamento da Bíblia: “Assim diz o SENHOR, Rei de Israel, e seu Redentor, o SENHOR dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e Eu sou o último, e fora de Mim não há Deus.” Isaías 44.6

Ou seja, o Senhor Jesus, já glorificado, assume o Seu posto junto com o Deus-Pai.

A atual condição do Senhor Jesus

O bispo Renato Cardoso, durante encontro do Estudo do Apocalipse, realizado no Templo de Salomão, destacou: “O Apocalipse é a Revelação para os servos. E a primeira revelação que Jesus lhes dá é sobre a Sua nova condição, após a ressurreição. A maioria das pessoas, quando pensa em Jesus, pensa em um carpinteiro, pensa no Jesus que fez milagres. Essa característica dEle não mudou (de fazer milagres), mas a posição do Senhor Jesus hoje é muito além daquela do Jesus que andou na Galileia e em Jerusalém. Jesus não foi simplesmente um profeta, ou um homem bom que falou coisas bonitas, fez boas obras e ajudou os sofridos. Tampouco é apenas o Filho de Deus. No Apocalipse, Jesus se mescla totalmente com o Pai e desfruta da mesma autoridade, poder e honra do Altíssimo.”

Então, por meio dessa observação, vemos que o único caminho para a Salvação espiritual é a crença no Senhor Jesus:

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por Mim.” João 14.6

“Se você não acredita que o Senhor Jesus é o próprio Salvador, não há Salvação para você. Como o mundo não pode negar a existência de Jesus, o mundo, então, procura reduzir a importância de Jesus a de um simples profeta, um homem como outros que existiram na história”, alertou o bispo.

Para compreender melhor a verdadeira natureza do Senhor Jesus para a sua vida, participe de um encontro em uma Universal mais próxima de sua casa. Confira aqui o endereço.


O Jesus que devemos conhecer
  • Por Daniel Cruz / Foto: Fotolia 


reportar erro