Rede aleluia
“O Espírito da Justiça me fez feliz”
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de setembro de 2019 - 13:44


“O Espírito da Justiça me fez feliz”

Conheça a história de Deise Manoel, que viu a Justiça de Deus na sua vida amorosa. Saiba mais

“O Espírito da Justiça me fez feliz”

Todo ser humano quer ser feliz. Essa é uma busca constante. As pessoas, de um modo geral, visam encontrar a realização, seja nos gestos mais simples até nos mais audaciosos projetos.

E foi buscando essa felicidade que Deise Manoel, moradora de Santo André, no ABC Paulista, idealizou sua vida. Segundo conta, ela priorizou a vida amorosa, mas, infelizmente, seus planos não saíram como imaginados.

“Eu tinha um sonho de ser feliz no amor. Me casei, achando que tinha encontrado essa felicidade. Mas, com o passar do tempo, essa pessoa passou a beber e as brigas se tornaram constantes”, lembra, enfatizando que – quando criança – viu seu pai se afundar na bebida, o que a deixou traumatizada.

Então, ela acabou trazendo todo esse drama familiar para o seu casamento. “Me tornei uma pessoa agressiva, o que, também, afastou o meu marido e me levou para o fundo do poço”, diz, acrescentando que se tornou uma mulher depressiva, que mal conseguia dormir.

E em uma das muitas noites que passou em claro, Deise conta que assistiu à programação da Universal e resolveu ir até um templo e participar de uma reunião.

“Eu decidi mudar, fiz o que tinha de ser feito para ser feliz. Então, comecei a ter atitudes justas diante de Deus”, disse.

Já na fé, Deise participou da Campanha da Justiça e foi abençoada. Ela se casou e hoje é feliz. “O Espírito da Justiça me fez feliz”, disse.

Conheça a história completa no vídeo abaixo:

Campanha da Justiça

Desde o dia 1º de setembro, a Universal está realizando um poderoso propósito de oração e súplicas de joelhos pela justiça. Serão 15 dias de oração. Se você deseja participar desta Campanha de fé, procure uma Universal mais próxima de sua casa. Confira aqui o endereço.


“O Espírito da Justiça me fez feliz”
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro