Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 21 de outubro de 2018 - 00:05


O esforço diário que toda mulher precisa

A falta de empenho pode ser a resposta para não ter alcançado seus objetivos

Idealizar todos os dias as conquistas e os objetivos que desejamos é algo comum. Mas isso se torna um perigo quando essas ideias e planos não saem da nossa imaginação. Muitas mulheres deixam de realizar o que tanto desejam, vivem frustradas e permanecem na zona de conforto pelo fato de não tomarem atitudes nem avançarem para conquistar o que tanto idealizam.
Além de idealizar, é necessário que haja esforço para a realização daquilo que se almeja. Em muitas situações, o sucesso não é alcançado justamente pelo fato da mulher não procurar formas de tornar esses ideais uma realidade.
Para muitas, o esforço não faz parte do dia a dia e elas até acham que tudo acontece no momento certo e que não há necessidade de que interfiram no processo. Muitas querem ficar magras e deixar de ser sedentárias, mas se acomodam apenas no “querer”, não buscam uma maneira de emagrecer e de estar bem com seu próprio corpo.
Outras querem crescer profissionalmente e trabalhar em uma ótima empresa, mas não fazem um curso de reciclagem nem estudam para se atualizar com as novidades do mercado em que atuam.
Superar os limites
Nós, mulheres, também precisamos focar naquilo que temos de melhorar e vencer em nós mesmas. Dessa forma, superaremos nossos limites e nos tornaremos melhores.
A escritora Cristiane Cardoso exemplifica essa situação citando o esforço diário que teve que fazer para vencer a timidez. “Eu já fui muito tímida, a ponto de não conseguir falar com mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Eu tinha receio de ficar envergonhada e não queria engasgar nas próprias palavras, mas de que adiantava não querer? Isso me prejudicava demais.”
Cristiane destaca que tomou a importante decisão de mudar, de tirar o desejo do papel e enfrentar seus limites, o que exigiu dela grande dedicação. “Comecei a falar em reuniões, mesmo toda corada e vendo no rosto das pessoas o sentimento de comiseração, mas não desisti e continuei.”
A comunhão com Deus
A falta desse empenho também pode afetar a comunhão da mulher com Deus. “Para vivermos a Palavra dEle não é diferente. Se formos tímidas, precisamos nos esforçar para sermos intrépidas; se formos orgulhosas, precisamos nos esforçar para sermos humildes. É comum a mulher ter o desejo de fazer a própria vontade, mas precisa se esforçar para fazer a vontade de Deus. Com Deus é preciso muito esforço diário”, enfatiza Cristiane.
A falta de esforço é o motivo de muitas mulheres “cristãs” não conseguirem manter a fé. Não querem se empenhar, sacrificar a sua vontade e obedecer à Voz de Deus, ler a Palavra dEle e colocá-la em prática. “Se esquecem de que a misericórdia de Deus é para quem se arrepende e que o arrependimento exige esforço”, finaliza a escritora.
Sábado
Godllywood Autoajuda
Se você sofre com problemas que a impedem de se tornar uma mulher melhor, participe das reuniões do Godllywood Autoajuda. O próximo encontro será no dia 27 de outubro, no Templo de Salomão, em São Paulo, e nas demais localidades do País. Saiba mais no  site e no Facebook.


  • Camila Dantas / Foto: Fotolia  


reportar erro