Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de fevereiro de 2020 - 10:32


O divórcio de Miley Cyrus e Liam Hemsworth poderia ter sido evitado?

Como superar as diferenças “irreconciliáveis” no casamento

Os atores Miley Cyrus e Liam Hemsworth estão oficialmente divorciados. O documento definitivo foi emitido na última semana de janeiro e, como motivo da separação, traz o termo “diferenças irreconciliáveis”.

Miley e Liam estavam juntos desde 2009. Neste meio tempo terminaram o relacionamento duas vezes, permanecendo juntos, no total, quase cinco anos antes de se casarem. Apesar de terem tido tanto tempo para se conhecerem bem, a separação foi anunciada apenas oito meses após a cerimônia. E, de acordo com o site especializado em celebridades TMZ, os dois já estavam separados havia meses antes do anúncio.

O mesmo site afirma que amigos e familiares se surpreenderam com o divórcio tão rápido. “Depois que eles voltaram, todo mundo achou que era o ‘casal perfeito’, mas eles ainda tinham vários problemas”, informou um amigo íntimo do casal. “Eles não estavam na mesma página sobre muitas coisas fundamentais que fazem uma relação funcionar. Não foi nada surpreendente”.

Conforme noticiou o TMZ, Miley não suportava mais o estilo “festeiro” de Liam, que passava dias fora de casa com amigos em festas regadas a bebidas e drogas. Já Liam estaria decepcionado com algumas amizades de Miley, com quem a cantora flertava frequentemente.

Ao que parece, as “diferenças irreconciliáveis” poderiam ser superadas, caso o dois estivessem dispostos a isso.

Conhecendo as personalidades

O livro “Casamento Blindado 2.0 – O Seu Casamento À Prova de Divórcio”, traz a seguinte passagem:

“É importante conhecer profundamente a outra pessoa – e a si mesmo, também. Para isso, além da bagagem, é necessário entender as diferenças de personalidade que, certamente, irão impactar o dia a dia de vocês”.

Miley e Liam tiveram bastante tempo para se conhecerem. Pelas idas e vindas do romance, é notável as diferentes personalidades. Mesmo assim, eles insistiram em manter os mesmos comportamentos até que o casamento chegasse ao fim. Há quem diga que Miley mudou e tentou corrigir sua postura, mas durante o casamento fazia muitas viagens com a blogueira Kaitlynn Carter – com quem namorou logo após se separar de Liam.

É necessário sacrifício

O erro repetido por muitos casais, de acordo com os escritores Renato e Cristiane Cardoso, é querer viver a mesma vida de solteiro após o casamento. Eles explicam que, para um matrimônio dar certo, ambos têm que fazer sacrifícios. Especialmente em relação ao comportamento.

“Em um relacionamento para a vida toda, você precisa aprender a não se chocar com a personalidade do outro. Isso requer um entendimento daquela personalidade e o que é mais importante para ela”, afirma Renato. “Quando não sabe lidar com a pessoa, você erra tentando mudá-la e fazê-la do seu jeito. Queremos que os outros sejam parecidos conosco, por isso tentamos mudar o parceiro. O problema é que não funciona. Temos de nos conhecer e também conhecer o outro; e cada um deve procurar atender às necessidades do outro, sem tentar mudá-lo”.

Ou seja: a primeira mudança deve ser em si mesmo. A mudança no comportamento do outro será uma consequência.

Esse é um dos ensinamentos transmitidos na palestra Terapia do Amor, que acontece todas as quintas-feiras, na Universal. Nela, casais e solteiros aprendem ferramentas para a construção de um relacionamento sólido – que não corra o risco de ser desmanchado em poucos meses de convivência. Participe da Terapia você também. Clique aqui e saiba o endereço.


  • Andre Batista/ Imagem: Reprodução Youtube 


reportar erro