Rede aleluia
“O diário de um viciado”
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 1 de Julho de 2022 - 21:43


“O diário de um viciado”

Rogério registrava os momentos em que usava drogas, mas quando ele se entregou ao Altar de Deus, seus registros passaram a ser de felicidade

“O diário de um viciado”

Rogério se afastou da fé e passou a usar drogas, ele registrava os momentos em que usava os entorpecentes até que teve a ideia de escrever o diário de um viciado.

Situação:

Rogério já frequentava a Universal quando conheceu Silvania, eles se relacionaram e se casaram. Tudo estava indo bem até que Rogério, sem um motivo aparente, largou a fé e passou a se dedicar integralmente aos vícios.

Primeiro ele passou a beber, depois passou a usar maconha, cocaína até que chegou ao crack. Com o uso das drogas ele passou de 90 kg para 47 kg. Além de perder peso, ele também perdeu a paz interior e quase perdeu a família.

Detalhes:

Viciado, ele vendia tudo o que via pela frente para conseguir a droga, chegou a ficar dias fora de casa, andando pelas ruas atrás do crack.

“Eu comecei a filmar os momentos que eu usava as drogas, queria que todos vissem o meu fim”, disse.

Neste período, Rogério fez ameaças de morte à esposa. Só que Silvania continuava na fé e nada do que ele falava a abalava.

“Um dia, minha filha me ligou desesperada pedindo que eu não voltasse para casa, pois o pai havia dito que iria me matar, mas eu sabia que nada iria acontecer, pois nunca deixei de servir a Deus”, disse ela.

A Fogueira Santa:

Revoltada com a situação, Silvania partiu para o Altar, ali manifestou a sua fé, fez seu sacrifício e a resposta que tanto esperava veio.

Rogério largou as drogas, voltou ao Altar que havia abandonado e teve sua vida transformada.

Assista ao vídeo abaixo e conheça em detalhes como ocorreu esta transformação:


“O diário de um viciado”
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro