Rede aleluia
O descrédito da mídia e as Fake News
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 27 de Setembro de 2021 - 17:19


O descrédito da mídia e as Fake News

Tema foi amplamente abordado durante o Entrelinhas deste domingo último (26). Saiba mais

O descrédito da mídia e as Fake News

Estudos recentes do Digital News Report, do Instituto Reuters de Estudos de Jornalismo, mostraram que o brasileiro é o povo mais preocupado com Fake News (em português, Notícia Falsa).

Para falar sobre a gravidade desse assunto, o Entrelinhas, que foi ao ar neste domingo último, dia 26 de setembro, abordou sobre a credibilidade da mídia no País e as diferenças que existem nas publicações entre os veículos.

“Hoje nós vivemos na era da democratização da informação, você não precisa mais ficar refém de uma única voz. Você pode comparar a mesma notícia sob a visão de órgãos diferentes da imprensa. Quando a pessoa faz isso, ela percebe uma diferença brutal”, disso o Bispo Adilson Silva.

Bispo Adilson reforçou ainda sobre a importância das pessoas pesquisarem e avaliarem as notícias que chegam até elas. “É como um alimento para a sua mente e seu intelecto, por isso, as pessoas precisam tomar muito cuidado”, disse ele.

Abra os olhos

Na oportunidade, o Bispo Misael Silva, que esteve nos estúdios para debater o assunto, salientou que as notícias falsas não sobrevivem quando chegam a uma pessoa que pensa, questiona e avalia.

Como prova, o jornalista Michael de Pina contou de que forma foi vítima de Fake News sobre a Universal pelo fato de não buscar significado e a verdade sobre o trabalho da igreja. “Tudo o que tinha de pior e mais podre era o que me alimentava”, disse ele.

Michael aproveitou o momento para contar toda sua história de vida e o que o fez mudar seu ponto de opinião e encontrar a mudança que precisava. “Hoje tenho uma paz que nunca imaginei. Deus transformou a minha vida”, frisou o jornalista.

Assista aqui ao Entrelinhas na íntegra, saiba mais sobre o assunto e o testemunho de Michael.

 


O descrédito da mídia e as Fake News
  • Redação / Foto: Getty Images 


reportar erro