Rede aleluia
Na China, pastores foram ordenados a incluir discurso de Xi Jinping nos encontros
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 30 de Julho de 2021 - 16:23


Na China, pastores foram ordenados a incluir discurso de Xi Jinping nos encontros

Em conferência, participantes receberam um modelo de como deveria ser a mensagem

Na China, pastores foram ordenados a incluir discurso de Xi Jinping nos encontros

O Governo chinês possui um forte controle sobre a população. Câmeras com inteligência artificial monitoram as cidades e as pessoas 24 horas por dia. Nada escapa aos olhos do Partido Comunista Chinês (PCC). Se a pessoa está alinhada com a ideologia do Governo, ela conduz uma vida comum. Entretanto, se ela pensa de maneira diferente, logo é inclusa na lista de “perseguidos e observados”.

Por ter se originado na ideologia de esquerda, que desde sua raiz tradicionalmente persegue os cristãos, o Partido Comunista Chinês acompanha de perto os passos das igrejas no país. Há igrejas que possuem o registro do Governo, mas elas não possuem liberdade com relação às mensagens dos encontros.

Discurso de Xi Jinping

Para se ter uma ideia, no dia 8 de julho, o Movimento Patriótico das Três Autônomas e o Conselho Cristão da China realizaram uma conferência com o tema “Aprendendo e implementando o espírito do discurso do secretário-geral Xi Jinping de 1º de julho”.

No dia 1º de julho foi o 100º aniversário da fundação do Partido Comunista Chinês e Xi Jinping pronunciou um discurso celebrando as raízes marxistas e a ideologia do Partido.

Ameaças

Durante a conferência, os participantes foram informados de que os pastores deveriam apresentar esse discurso durante os estudos bíblicos nas igrejas, além de pregá-lo nos encontros. Aqueles que não o fizessem seriam ameaçados de perderem suas igrejas.

Ao final, os participantes receberam um modelo, pautado em nove tópicos, de como poderia ser a mensagem. As informações foram divulgadas pelo site Bitter Winter, especializado em cobrir a perseguição de cristãos na China.

Na plataforma Univer Vídeo, você encontra o filme “Torturado por Cristo“, que é baseado em fatos reais e revela como o comunismo da Romênia, na Europa, tratava os cristãos. Confira.


Na China, pastores foram ordenados a incluir discurso de Xi Jinping nos encontros
  • Da Redação / Foto: Getty Images 


reportar erro