Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 26 de junho de 2018 - 03:05


Moradores de rua são amparados por voluntários da Universal

Grupo distribuiu kits de higiene e levou uma Palavra de fé aos desamparados. Veja como foi

Uma recente pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), mostrou que o Brasil tem pouco mais de 100 mil pessoas vivendo em situação de rua, das quais 40,1% estavam em municípios com mais de 900 mil habitantes e 77,02% habitavam municípios com mais de 100 mil pessoas. Já nos municípios menores, com até 10 mil habitantes, a porcentagem era bem menor: apenas 6,63%.

Mas, independentemente do local onde vivem, essas pessoas fazem das calçadas o seu leito de descanso. Os motivos que as levaram a viver nessa situação são os mais diversos como: drogas, bebidas, desentendimentos familiares, desemprego, entre tantas outras situações. Infelizmente, muitos estão expostos aos perigos, podendo ser atacados e até terem suas vidas ceifadas.

Para tentar amenizar o sofrimento de quem vive nesta situação, voluntários do grupo Universal Socioeducativo (que realizam várias ações e cultos nas unidades para os menores infratores), se uniram no dia 6 de junho último e foram às ruas da região central de São Luís, capital do Maranhão, e distribuíram mais de 100 kits com produtos de higiene pessoal.

Cerca de 150 moradores de rua foram beneficiados com os pacotes que continham: escova de dente, creme dental, sabonete e rolos de papel higiênico.

“Todos ficaram muito felizes por receber um simples kit de higiene; observamos o sofrimento deles, por isso, na oportunidade, os convidamos para participar de uma reunião na Universal. Este trabalho foi gratificante”, comentou o Pastor Elias Viegas, atual responsável pelo trabalho com os menores transgressores.

Universal Socioeducativo

A atuação da Universal dentro das unidades para adolescentes em conflito com a lei se intensificou em 2017. Durante 25 anos, o programa foi desenvolvido nos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo. Ao longo dos anos, expandiu-se para todos os estados brasileiros, Distrito Federal e para outros países. Atualmente, as atividades desenvolvidas com os menores infratores são realizadas por 3 mil voluntários em 360 unidades socioeducativas, das 476 existentes em todo o Brasil.


  • Por Sabrina Marques / Fotos: Cedidas 


reportar erro