Rede aleluia

Notícias | 7 de maio de 2019 - 10:53


Miss Ilhéus é mais uma vítima da depressão

Entenda como lutar de forma efetiva contra a doença

No último sábado, 4 de maio, a Miss Ilhéus 2018, Gabriela Alexandre Mendes Viegas, foi encontrada morta, em Belo Horizonte (MG).

A jovem, que exibia uma beleza exuberante, ganhava a vida com desfiles, mas também era estudante de medicina, na Universidade Federal da Bahia.

De acordo com a Polícia Militar, a jovem, de apenas 27 anos, cometeu suicídio ao pular do quinto andar com um cinto no pescoço. À polícia, Lucas Ferrara, noivo da miss, disse que ele havia pedido um tempo no relacionamento para que ela se tratasse da depressão.

Gabriela tirou sua vida no apartamento do noivo, que a encontrou já precisando de ajuda, após chegar do trabalho.

Luta contra depressão 

Assim como a maioria das pessoas que sofre com a doença, Gabriela aparentava ser uma jovem feliz e realizada. Na internet, por exemplo, ela postou: “Que você não busque algo para ser feliz, mas que seja feliz durante toda a caminhada da vida.”

Muitas pessoas, por mais bem-sucedidas, bonitas e, aparentemente, felizes que sejam, trazem consigo a luta contra a depressão e a dor na alma. A doença atinge mulheres, homens, ricos, pobres, atletas e sedentários.

Durante o programa “Inteligência e Fé”, exibido pela Record TV, na madrugada desta terça-feira (7), o Bispo Renato destacou que muitos ainda precisam se mascarar para esconder a depressão.

“A Gabriela tinha uma vida, na rede social, invejável. Estava noiva, estudava medicina, era miss Ilhéus 2018, uma pessoa de uma beleza extrema e tinha sucesso, mas escondia os sintomas da depressão. Talvez, você viva esse drama. Você se esconde, tenta mostrar uma felicidade, mas no seu quarto, quando está sozinho, você abriga esse monstro que está te consumindo por dentro”, alertou o Bispo.

Ele ainda esclareceu que doenças emocionais devem ser tratadas como “doenças da alma”.

“Temos mostrado que o vazio da alma, a depressão e os males que afetam a alma – ansiedade, transtorno de bipolaridade, entre outros -, você não os acha em um raio X ou em um exame de sangue, mas eles são reais! Tão reais quanto o câncer, por exemplo”, destacou o Bispo. 

Confira o programa na íntegra:

“Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si”. Isaías 53:4

Na Bíblia Sagrada com as anotações de fé do Bispo Edir Macedo, ele destaca que o Senhor Jesus veio à Terra e levou as dores, independentemente de qual seja.

“As enfermidades e as dores, sejam do corpo, sejam da alma, encontram no Messias a completa cura (Mt 8.14-17). A profundidade de Suas dores e a intensidade de Sua humilhação são vistas ao ser reputado como ‘(…) aflito, ferido de Deus, e oprimido’. Isso significa que o Senhor Jesus foi punido, isto é, castigado em nosso lugar”, pontuou o Bispo.

Por isso, é necessário que todos que sofram com a depressão, ou qualquer outra doença da alma, busque ajuda no Senhor Jesus. “Por meio do sacrifício do Senhor Jesus, alcançamos o perdão, a Natureza Divina, o Espírito Santo, a vida abundante e, sobretudo, a Salvação”, reiterou o Bispo Macedo.

Cura para depressão

Todas as sextas feiras, na Universal, acontecem reuniões especiais para cura da depressão. Bispos, pastores e obreiros se empenham em ajudar quem sofre com a doença, a fim de que sejam verdadeiramente livres.

As reuniões acontecem em diversos horários e em todo o Brasil. Para encontrar uma Universal mais próxima de você, clique aqui.

No Templo de Salomão, localizado na Avenida Celso Garcia, 605, Brás, São Paulo, as reuniões acontecem às 10h,15h e 20h. Contudo, especialmente, ao meio-dia, bispos e pastores se reúnem em um encontro especialmente focado na cura da depressão. Participe!


  • Rafaela Dias / Foto: Divulgação 


reportar erro