Rede aleluia

Notícias | 29 de janeiro de 2017 - 00:05


“Minha vida nunca mais foi a mesma”

Fernando Teodoro da Costa permaneceu quase dois anos preso e hoje ajuda a mudar a realidade de outras pessoas

Fernando Teodoro da Costa, de 28 anos, (foto ao lado) passou por dificuldades financeiras ainda na infância e cresceu alimentando sentimentos de orgulho, desrespeito e prepotência. Aos 23 anos, ele se envolveu com a criminalidade e foi preso na cidade de João Pessoa, na Paraíba.

No bairro onde morava, passou a ser conhecido como um homem perigoso. Na prisão passou por momentos difíceis, vivenciou três rebeliões e teve que dormir em uma cama com restos de pele queimada, além de outras situações vividas ao longo de 1 ano e 8 meses em que esteve privado de liberdade.

Quando não havia mais esperança, Fernando foi surpreendido por voluntários da Universal que evangelizavam dentro do presídio. Ele conversou com um pastor e falou sobre arrependimento. Ele recebeu o livro Jejum de Daniel, escrito pelo Bispo Edir Macedo, e se dedicou a fazer o propósito. Foi quando ele decidiu se entregar a Jesus. “Fui batizado com um copo de água e a partir daquele momento minha vida nunca mais foi a mesma”, relembra.

Depois da decisão de mudar, o homem que causava medo nas pessoas foi transformado. Ainda dentro da cela, ensinou o que havia aprendido e levou muitos de seus companheiros a aceitarem a mesma fé.

Pouco tempo depois, no julgamento, Fernando foi inocentado. “O promotor ficou do meu lado e o juiz pediu uma oração, reconhecendo minha fé em Deus. E foi por meio dessa fé que eu fui inocentado pela Justiça”, relata.

Com a vida restaurada, o ex-presidiário conseguiu de volta tudo que havia perdido. Hoje, ele é voluntário da Universal e possui uma vida financeira bem-sucedida. Ao lado da esposa, ele faz a evangelização no mesmo presídio em que ficou preso e compartilha sua história de perseverança e superação com aqueles que estão privados de liberdade.

*Colaborou: Grupo Mídia UNP-PB

AÇÃO SOCIAL

A Universal mantém diversos projetos sociais e, por meio de seus voluntários, atua em vários setores da sociedade, com o objetivo de levar auxílio emocional, psicológico, material e, sobretudo, espiritual aos que necessitam, em asilos, orfanatos, hospitais, presídios, comunidades, entre outros locais.

Clique nos links abaixo e conheça alguns desses projetos:

Projeto Raabe (Auxílio a mulheres vítimas de violência doméstica)

Projeto T-Amar (Apoio a adolescentes grávidas e mães solteiras)

Projeto Ler e escrever (Alfabetização de jovens e adultos)

Anjos da madrugada (Ajuda a moradores de rua)

A Gente da comunidade (Ações sociais em comunidades)

Grupo Calebe (Incentivo e auxílio a idosos)


  • Da Redação/ Foto: Cedida 



reportar erro