Rede aleluia
Miguel, de “Amor Sem Igual”, e sua lição de fé e confiança
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 25 de novembro de 2020 - 23:17


Miguel, de “Amor Sem Igual”, e sua lição de fé e confiança

Assista à cena e aprenda com o personagem o que é, de fato, confiar em Deus

Miguel, de “Amor Sem Igual”, e sua lição de fé e confiança

Quem acompanha a novela “Amor Sem Igual”, da Record TV, tem se admirado muito com a história de amor dos personagens Poderosa (Day Mesquita) e Miguel (Rafael Sardão).

Ela, uma mulher machucada, que carrega dentro de si traumas da infância. Rejeitada pela mãe e abandonada pelo pai, também foi abusada quando criança. Por fim, acabou vendo na prostituição uma forma de sobrevivência.

Miguel, um agrônomo, homem de fé, íntegro, generoso, que ao conhecer Poderosa, consegue ver nela o valor que ela não enxerga.

E, desde então, não mede esforços para fazê-la desistir da vida de prostituição e entender que suas escolhas erradas são as causas de tanta dor e sofrimento. Mas, sobretudo, levá-la a conhecer o “Amor Sem Igual” e, assim, mudar a própria história.

Contudo, a luta de Miguel tem sido árdua e, por vezes, dolorosa, mas mesmo diante da resistência da amada, ele não desiste, porque sabe em Quem tem depositada a sua fé e a sua confiança.

Uma cena exibida, recentemente, traduz exatamente a qualidade da fé de Miguel. Veja abaixo:

Miguel tem consciência de que não está em seu poder mudar a forma de pensar e agir da garota de programa. Então, em vez de confrontá-la, decidiu confiar em Deus e deixar que  Ele faça o que somente Ele é capaz de fazer: transformar o interior do ser humano.

Busque o estágio da confiança em Deus

“Minha luta por ela agora vai ser diferente. Eu cheguei na fase da confiança em Deus. Agora me resta orar por ela”, disse, em uma das cenas.

Talvez, assim como o Miguel, você também esteja há meses ou há anos lutando pela transformação do marido, da esposa, do filho, da filha. Mas, assim como a Poderosa, essa pessoa tem se tornado cada vez mais resistente à mudança. Talvez, até tenha endurecido ainda mais o coração. “Então, como devo agir?”, você pergunta…

A resposta é: “Faça como o Miguel”. Entre na fase de confiança em Deus e ore por essa pessoa. Isso mesmo: apenas ore e deixe que Deus faça o trabalho dEle.

“Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de Ti, que trabalha para aquele que nEle espera.” Isaías 64.4

O Bispo Edir Macedo destaca que “Deus trabalha para aquele que espera nEle. Aquele que espera não é o que fica sentado, sem mover um dedo, conformado com sua situação. Muito menos o que fica ansioso, angustiado, sem saber se Deus vai ou não fazer alguma coisa. O que espera é aquele que confia em Deus, que depende 100% dEle, que coloca apenas nEle a sua esperança.”

Para desenvolver a sua fé e sua confiança em Deus participe das reuniões que ocorrem diariamente no Templo de Salomão, e em todos os templos da Universal. Consulte aqui os endereços.


Miguel, de “Amor Sem Igual”, e sua lição de fé e confiança
  • Jeane Vidal / Foto: Reprodução 


reportar erro