Rede aleluia
Mais uma vítima das fakes news contra a Universal
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 23 de Julho de 2021 - 21:54


Mais uma vítima das fakes news contra a Universal

José Claudio foi enganado pelo que a mídia expunha sobre a igreja. Mas, ao ir pessoalmente a um dos templos, algo mudou. Saiba mais

Mais uma vítima das fakes news contra a Universal

Assim como muitas pessoas, José Claudio, de 46 anos, foi enganado pelas falsas notícias sobre a Universal. Os noticiários afirmavam com veemência que os líderes da instituição e seus voluntários roubavam das pessoas para benefício próprio.

“Muitas pessoas, além dos noticiários, afirmavam que bispos e pastores da igreja roubavam as pessoas. Quando vi a cena deles saindo de um evento com sacos [que essas falsas notícias afirmavam ser de dinheiro], no meu pensamento foi o fim. Aí passei a ter mais ódio da Universal e de quem a frequentava, além de também reafirmar que eles eram ladrões”, disse.

Mas, o que ninguém imagina é que José Claudio vivia enganado e enganando: isso mesmo, ele enganava os que estavam à sua volta. “Ou seja, na frente das pessoas eu era uma pessoa alegre, mas por trás eu vivia triste e angustiado, além de roubar os que estavam à minha volta. Chamava os pastores de ladrões, mas era eu quem roubava…”, lembra.

Um dia, José resolveu ir até a igreja, lá – garante – tirou suas próprias conclusões sobre os bispos, pastores, sobre a igreja e, principalmente, sobre a fé.

Assista ao vídeo abaixo e saiba o que aconteceu com ele:


Mais uma vítima das fakes news contra a Universal
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro