Rede aleluia
Lutador é assassinado em briga de trânsito
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de outubro de 2020 - 00:45


Lutador é assassinado em briga de trânsito

Essa é uma das muitas vítimas da ira, emoção destruidora

Lutador é assassinado em briga de trânsito

O lutador de wrestling Tássio Felipe dos Anjos Lima foi assassinado no último dia 17, após se envolver em uma briga de trânsito. Tássio era um dos grande representantes de seu esporte e tinha apenas 33 anos de idade.

A briga começou após um motociclista reclamar de uma manobra realizada pelo carro que Tássio dirigia. Os dois saíram de seus veículos e se agrediram. Tássio segurou o motociclista pelo pescoço em um golpe conhecido como “mata-leão”.

Assustado, o pai do lutador pediu para que o filho soltasse o outro homem. Ao ser solto, porém, o motociclista esfaqueou Tássio no peito. O lutador chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento.

Essa é uma das muitas mortes que ocorrem no trânsito em decorrência de discussões. Apenas em 2019, pelo menos 39 pessoas faleceram por esse motivo. Ainda não há dados oficiais de 2020, mas, frequentemente, casos como esse aparecem nos noticiários.

A ira se aloja nos tolos

Por diversas vezes, a Bíblia orienta o homem a utilizar o raciocínio, fugindo de suas emoções. É ensinado o autocontrole e o equilíbrio, para que sentimentos, como a raiva, não dominem o homem. Uma das passagens diz o seguinte:

“Não permita que a ira domine depressa o seu espírito, pois a ira se aloja no íntimo dos tolos.” Eclesiastes 7.9

Em seu blog, o Bispo Renato Cardoso explica que a “raiva é uma energia poderosa”, capaz de levar uma pessoa à sua autodestruição, quando não controlada.

“Eu conheço pessoas boas, muito talentosas, trabalhadoras, que destruíram suas vidas por causa de um momento de raiva descontrolada”, afirma o Bispo. “[Por isso] NUNCA use a raiva para descontar nas outras pessoas. NUNCA para ferir os sentimentos dos outros. NUNCA faça algo que vá se arrepender depois. Por que você destruiria a si mesmo?”.

Infelizmente, muitos nem são capazes de controlar suas emoções, como demonstram os números do trânsito brasileiro. Isso porque a maioria das pessoas ainda não compreendeu que o equilíbrio – capaz de proteger alguém de suas emoções – vem da fé.

“Inteligência e fé são duas coisas que trazem equilíbrio, controle para nossa vida”, explicou o Bispo, durante edição do programa “Inteligência e Fé”. “Então, você precisa aprender a prevenir essas decisões de momento, que podem levar você ao sofrimento por anos, às vezes, pela vida toda”.

Para desenvolver essa fé, participe da Escola da Fé Inteligente. A palestra acontece todas as quartas-feiras, na Universal. Clique aqui e saiba o endereço mais próximo de você.

Afinal, “quando nós não temos o controle emocional, quando não estamos no controle dos nossos sentimentos, das nossas emoções, dos nossos impulsos podemos, sim, nos tornar vítimas, não dos outros, mas de nós mesmos, das nossas próprias reações e decisões”, concluiu o Bispo.


Lutador é assassinado em briga de trânsito
  • Andre Batista / Foto: Divulgação CBW 


reportar erro