Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de setembro de 2019 - 00:05


Lançamento do livro Eu venci a depressão

Com tiragem inicial de 50 mil exemplares, a obra já está disponível em todos os templos da Universal e nas principais livrarias do País

Durante quatro anos, a médica pediatra Eunice Higuchi esteve em severa depressão. Na época, ela já era uma experiente profissional da saúde e naturalmente foi buscar na medicina a cura para o seu problema, mas outro acontecimento agravou ainda mais o quadro emocional dela: o psiquiatra com quem ela se tratava cometeu suicídio. Ele também tinha depressão.

A partir daí, ela percorreu vários caminhos em busca de uma resposta para seus questionamentos e, principalmente, da cura. Até que, finalmente, ela a encontrou no lugar no qual ela jamais pensou em pisar.

Hoje, passados 25 anos e há 20 anos já completamente curada, sua história pode ser lida em Eu Venci a Depressão, obra que foi lançada oficialmente no dia 13 de setembro em todo Brasil. Em São Paulo, o lançamento, com direito a sessão de autógrafos, aconteceu no Templo de Salomão, às 12h e às 20h. Mas o livro já chegou a todos os templos da Universal espalhados pelo Brasil. “A literatura foi uma forma que eu encontrei de ajudar esse público a distância. Em breve, também pretendo lançar o livro em outros países”, revela a autora.

Para escrever o livro, Eunice contou com a ajuda de um dos quatro filhos que acompanhou mais de perto seu drama: o Pastor Guilherme Munhoz. “Como eu a acompanhava a muitos lugares diferentes, a ajudei a se lembrar de muitas coisas que ela já tinha esquecido”, declara.

Embora fosse ainda muito jovem naquele período, Guilherme exerceu um papel muito importante na vida da mãe: de apoiá-la, ouvi-la e entendê-la, inclusive como a família deve lidar com o depressivo e como identificar os sintomas da depressão são pontos abordados no livro.

“É um livro para ajudar a pessoa depressiva e os familiares e amigos que têm enfrentado a depressão não em sua vida, mas na de pessoas próximas, como amigos, colegas de trabalho ou entes queridos”, explica o Pastor Guilherme.

A cura da depressão
A professora Débora Costa Matheus, (foto abaixo) que também teve a vida devastada pela depressão e também a venceu, fez questão de comparecer ao lançamento do livro. “É motivo de muita alegria poder, por meio deste livro, mostrar a tantas pessoas que estão sofrendo com a doença que é possível vencê-la”, diz.

Lúcia Leonardo, cujo filho foi diagnosticado com depressão, também esteve presente ao lançamento. “No começo, eu brigava com ele, mas depois vi que esse não era o caminho. Eu quero ler o livro para saber onde estou errando e o que posso fazer para melhorar. Quero aprender com experiência da doutora Eunice o que posso fazer por ele”, revelou.

Lançado pela Unipro Editora, com tiragem inicial de 50 mil exemplares, a publicação está disponível nas principais livrarias do País, em todos os templos da Universal e no site da Arcacenter (arcacenter.com.br).


  • Jeane Vidal e Sabrina Marques / Fotos: Demetrio Koch 


reportar erro