Rede aleluia
Kelly garante que todo sacrifício que fez para receber o Espírito Santo valeu a pena
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 11 de Outubro de 2019 - 10:14


Kelly garante que todo sacrifício que fez para receber o Espírito Santo valeu a pena

Conheça a história dela e saiba o que aconteceu no vídeo abaixo

Kelly garante que todo sacrifício que fez para receber o Espírito Santo valeu a pena

A consultora Kelly Maturano, de 34 anos, chegou à Universal ainda muito jovem. Aos 10 anos, já acompanhava a mãe durante as reuniões.

Mas, com o passar do tempo, Kelly foi se distanciando, parou de ir à igreja e já não queria mais saber das coisas de Deus e de tudo que envolvia a fé. O mundo lhe encantou e ela trocou os cultos por baladas e festas noturnas.

Tudo parecia estar bem, mas a jovem se envolveu em vários relacionamentos, até que percebeu que tudo aquilo que estava vivendo não passava de uma falsa felicidade.

Durante este período que eu fiquei afastada, eu sofri bastante. Eu era uma pessoa muito triste, vazia, não tinha perspectivas de futuro e essa ânsia que eu sentia de preencher esse vazio, eu busquei no mundo, nas baladas, festas e em relacionamentos. Não tinha critérios para me envolver e, por isso, eu sofria cada vez mais”, conta.

Nesse ínterim, o pai da jovem começou a beber e se tornou um alcoólatra. Cansada disso tudo, Kelly se lembrou de Deus e dos bons momentos que passou quando ainda estava na fé. Foi então, que ela resolveu voltar.

Logo após o seu retorno, ela participou da campanha do Jejum de Daniel e algo excepcional aconteceu com ela: o batismo com o Espírito Santo.

“Tudo o que eu fiz para receber o Espírito Santo valeu a pena”, garante.

Assista ao vídeo abaixo e conheça a sua história na íntegra:

Essa é a última semana do propósito do Jejum de Daniel, mas isso não o impede de dar continuidade às lições aprendidas até aqui, lembrando de se abster de informações seculares, como também de se alimentar com conteúdos de fé. Por exemplo: participe dos encontros que acontecem em toda a Universal (veja o endereço aqui).

Acompanhe, também, as mensagens do Bispo Edir Macedo na “Palavra Amiga”. Confira os conteúdos do Univer Vídeo; leia algum livro para a sua edificação espiritual e faça orações ao longo do dia.

Além disso, procure almas para o Reino de Deus. Visite hospitais, portas de presídios e demais lugares onde há oprimidos de espírito. Doe livros espirituais para quem está precisando compreender a fé e reserve momentos de meditação na Bíblia. Não deixe de acompanhar os conteúdos aqui no Universal.org e fique por dentro deste propósito especial.


Kelly garante que todo sacrifício que fez para receber o Espírito Santo valeu a pena
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro