Rede aleluia
Jovem mata a mãe, influenciada por novela da Globo
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 11 de outubro de 2018 - 17:12


Jovem mata a mãe, influenciada por novela da Globo

Influenciados por “Segundo Sol”, jovem se transforma em homicida da própria mãe

Jovem mata a mãe, influenciada por novela da Globo

A vilã prepara uma seringa sem líquido algum dentro e dá a injeção na vítima. O ar que estava na seringa invade uma veia formando uma bolha que circula pela corrente sanguínea até o pulmão, bloqueando a passagem de sangue. O resultado é a morte por embolia pulmonar, à primeira vista confundida com morte natural.

Essa foi a cena transmitida pela telenovela “Segundo Sol”, da Rede Globo, no dia 2 de outubro. Horas depois, uma jovem de 21 anos, Paloma de Vasconcelos repetiu a cena em Petrópolis (RJ), matando a própria mãe.

O inspetor da Polícia Civil Alexandre Gheren afirmou à imprensa: “A homicida confirmou que se inspirou na telenovela para cometer o crime”. Tanto ela, quanto seu namorado, Gabriel Neves, que também participou do crime estão presos.

Como na novela, todos acreditaram que o motivo da morte era natural. O caso só foi descoberto quando o padrasto de Paloma assistiu ao filme gravado por câmeras instaladas dentro de casa.

Procurado pela imprensa, o autor da novela João Emanuel Carneiro disse que a “ficção não tem nada a ver com a realidade”. Será verdade?

A influência da televisão no comportamento

No livro “Análise do Comportamento Humano em Psicologia” os autores Aurélio Bolsanello e Maria Augusta Bolsanello relatam que o inventor da televisão Vladimir Kosma Zworrynkin afirmou em entrevista que sua intenção ao inventar a TV era “empregá-la para educar e transmitir cultura ao povo”. Ou seja: desde o início, sabia-se do poder de influenciar as pessoas por meio do conteúdo transmitido.

Nos quase 100 anos de existência, o aparelho serviu para influenciar gostos, comportamentos, política, consumo e muitos outros aspectos da sociedade. A própria assassina citada acima afirma que foi inspirada pela telenovela para assassinar a mãe. De corte de cabelo ao gênero sexual, as telenovelas influenciam enormemente a sociedade.

A psicóloga Angela Biaggio, na obra “Psicologia do Desenvolvimento”, explica que “enquanto antigamente os modelos eram quase exclusivamente os pais e os membros mais íntimos da família, atualmente, os modelos são fornecidos amplamente pela comunicação de massa (jornais, revistas, cinema e, especialmente, a televisão)”.

Por isso, é importante consumir conteúdos que tragam benefícios. Para que perder tempo assistindo a uma telenovela que glamouriza o homicídio, a prostituição e a destruição familiar, se existe a opção de assistir a conteúdos mais bem preparados e conscientes?

Cabe a cada um optar pelo que vai levar para sua mente e para sua vida: novas formas criativas de cometer assassinatos ou algo que melhore a si mesmo como pessoa e, consequentemente, a sociedade em geral.


Jovem mata a mãe, influenciada por novela da Globo
  • Andre Batista / Imagem: Reprodução R7 


reportar erro