Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 30 de junho de 2018 - 03:05


“Jovem de Ouro” resgata aqueles que cumprem medidas socioeducativas

Ação aconteceu no Rio Grande do Sul. Saiba como foi

No final do mês de maio, voluntários do grupo Universal Socioeducativo (USE) do estado do Rio Grande do Sul se reuniram no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Santo Ângelo, noroeste da região, para promover o evento “Jovem de Ouro”.

Cerca de 55 jovens, que cumprem medidas socioeducativas no local, estiveram presentes durante o evento que uniu momento de oração, atendimentos e confraternização.

O objetivo foi mostrar a eles que são importantes para Deus e que, por meio de uma aliança com Ele, é possível ter a vida transformada. Mas, para que isso aconteça, é necessário um voto com o Altíssimo, deixando para trás a vida errada que levavam no mundo do crime.

Na oportunidade, o Pastor Felipe Ferreira, responsável pelo trabalho do USE no estado, utilizou o exemplo bíblico da mulher de Ló, que desobedeceu a ordem de Deus, que era sair de Sodoma e Gomorra e não olhar para trás, e explicou: “Ela olhou e virou uma estátua de sal. Conscientizamos cada um que o desejo de Deus é que eles olhem para frente”.

Uma nova vida

O momento foi valioso para todos e muitos despertaram para uma nova vida, como aconteceu com W. R., de 18 anos. No dia, ele decidiu abrir mão do seu passado, afirmando estar disposto a mudar de vida e não olhar para trás.

Segundo o jovem, na hora da oração, ele fez um desafio com Deus e determinou que, no futuro, esteja vestindo a camisa do USE, a fim de mostrar a outros jovens reclusos que existe um Deus que transforma e liberta.

Caso queira conhecer outras ações do grupo, acesse e curta o perfil oficial do USE no Facebook, clicando aqui. Se deseja ser um voluntário, localize aqui o endereço de uma Universal mais próxima de sua casa e se informe com o pastor.


  • Por Débora Picelli / Foto: Cedidas pelo grupo USE do estado do Rio Grande do Sul 


reportar erro