Rede aleluia
Índios do Pará recebem assistência social dos voluntários da UNP
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 30 de Abril de 2021 - 00:59


Índios do Pará recebem assistência social dos voluntários da UNP

Doação de cestas básicas e atendimento jurídico foram realizados na Ilha do Outeiro, localizada em Belém, capital do estado. Acompanhe abaixo

Índios do Pará recebem assistência social dos voluntários da UNP

Recentemente, cerca de 50 famílias em situação de pobreza e abandono, que moram na Ilha do Outeiro, em Belém, no Pará, receberam dos voluntários da Universal nos Presídios (UNP), doações de cestas básicas, roupas, brindes para as crianças, além de atendimento na área jurídica, saúde e beleza.

Vindos da Venezuela, os indígenas da etnia de Warao começaram a migrar para o Brasil em 2017, quando a situação do país vizinho começou a piorar, e para fugir da pobreza, eles encontraram em nosso país um local de refúgio para um recomeço.

Apesar de acolhidos em território brasileiro, os mais de 400 índios venezuelanos vivem, atualmente, em situação de pobreza, sem trabalho e condições de moradia.

“Tomamos conhecimento destas pessoas em situação de vulnerabilidade, por meio de uma senhora que veio nos pedir ajuda, pois seu marido se encontra preso. De pronto, nos colocamos à disposição e ajudamos, não somente ela, mas tantas outras pessoas que moram no local”, disse o Pastor Henrique Silva Pires, atual responsável pelo grupo UNP no Pará.

A ação foi bem recebida pelos moradores do local, que agradeceram o ato solidário.

Assista ao vídeo abaixo e acompanhe o movimento:

Você também pode ajudar

Se deseja colaborar com o trabalho social que a Universal realiza, basta doar pessoalmente alimentos e roupas em qualquer templo da Universal. Clique aqui e conheça o endereço mais próximo de sua casa.

Caso prefira realizar uma doação financeira, é possível fazer de maneira rápida e fácil. Basta clicar aqui e acessar os canais de doação da Universal.


Índios do Pará recebem assistência social dos voluntários da UNP
  • Sabrina Marques / Foto: Cedidas 


reportar erro