Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de fevereiro de 2019 - 00:05


Grupo promove ação para abastecer hemocentro

Projeto Arcanjo promoveu ato de amor ao próximo. Saiba mais

Nos meses de férias escolares é muito comum que sejam realizadas campanhas de doação de sangue em todo o País. O estoque dos bancos e hemocentros cai consideravelmente. A redução chega a 30% ou mais, dependendo da região.

A queda é atribuída às viagens e ao período de descanso, quando muitas pessoas deixam de fazer doações regulares.
Dados divulgados no ano passado pelo Ministério da Saúde mostraram que apenas 1,6% da população brasileira doava sangue. Segundo o órgão governamental, os índices são considerados dentro dos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS). No entanto, o governo trabalha constantemente para aumentar o número de doadores.

Ajudar a quem precisaNão é novidade que os bancos de sangue espalhados por todo o País estão com os estoques cada vez mais baixos. E, como gesto de preocupação e ato de amor ao próximo, recentemente, o projeto Arcanjo, do grupo Força Jovem Universal (FJU) do Estado da Bahia, promoveu mais uma campanha de doação de sangue.

A ação aconteceu na Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), em Salvador, na capital, e durou cerca de três horas e meia. Segundo a voluntária Lourença dos Santos, responsável pelo encontro, o principal objetivo da ação foi, acima de tudo, ajudar o próximo. “Ajudar o próximo, ainda que não o conheçamos. Além disso, oferecer de graça o que temos de graça”, ressaltou ela.

O momento serviu para que todos fossem beneficiados, inclusive quem doou, como relata o voluntário Rodrigo dos Santos Moura, de 23 anos. “Esse gesto de solidariedade é de grande importância para salvar outras vidas e nos fez bem saber que estamos passando vida para o próximo. Com certeza eu faço com maior amor”, completou ele.

Seja um doador
Pessoas entre 16 e 69 anos de idade podem doar sangue. No entanto, é exigido o consentimento dos pais se forem menores de 18 anos. Além disso, aqueles que têm acima de 60 anos só poderão fazer a doação caso já tenham feito antes.

O doador precisa pesar, no mínimo, 50 quilos e estar em bom estado de saúde; não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum.

A frequência máxima é de quatro doações anuais para homens e três doações anuais para mulheres.
E não se esqueça de levar um documento de identificação com foto.

Quer saber mais sobre as ações que o grupo Força Jovem promove no País e em todo o mundo? Acesse o portal universal.org e conheça mais.


  • Débora Picelli / Fotos: Cedidas  


reportar erro