Rede aleluia

Notícias | 11 de julho de 2019 - 09:12


Grupo da Saúde participa da campanha Junho Vermelho

Mais de 9 mil pessoas doaram sangue em todo o Brasil. Saiba mais

As férias escolares, aliadas ao inverno, fazem com que os estoques de bolsas de sangue diminuam significativamente e não sejam repostas. Tanto bancos de sangue público como privados sofrem com a baixa durante a temporada.

De acordo com o Ministério da Saúde, apenas 1,6% da população brasileira doa sangue. O número significa dizer que a cada mil habitantes, apenas 16 têm o costume de doar.

Por isso, durante o mês de junho, aconteceu a campanha “Junho Vermelho”. Nela, instituições públicas e privadas, prédios históricos e monumentos por todo o País foram iluminados com a cor vermelha, a fim de incentivar a doação de sangue.

Da mesma forma, ações que incentivam a doação também aconteceram por todo o território nacional. A campanha passou a fazer parte do calendário do Brasil desde 2017, por meio da lei estadual número 16.386.

Participação

O Grupo da Saúde, mantido pela Universal, aderiu ao movimento. Durante todo o mês de junho realizou doações pelo Brasil. Ao todo, 9.713 pessoas disponibilizaram seu tempo para contribuir com a ação. Eles ajudaram a abastecer os bancos de sangue do País.

Para o médico Sérgio Figueiredo Pacca, a iniciativa da Universal em aderir ao movimento é, sobretudo, um bom exemplo a outras instituições . “Doação de sangue é ajudar sem saber quem você está ajudando, mas com a certeza de que salvou vidas”, destacou o médico.

O Bispo Eduardo Ribeiro, responsável pelo Grupo da Saúde no Brasil, destaca que a participação do grupo na campanha “Junho Vermelho” é, também, parte do compromisso com o desenvolvimento da saúde no País.

“O sangue é vida. E os bancos dependem exclusivamente de doações para se manterem. Por isso, nos mobilizamos, incentivamos todos os voluntários e as pessoas em geral a se tornarem doadores. Abraçamos a causa”, pontuou o Bispo.

Para ele, o ato de doar sangue é uma forma de amar ao próximo. “É importante que vençamos o medo, pois prova que realmente praticamos o mandamento de amarmos ao próximo como a nós mesmos”, destacou. 

O Grupo da Saúde

Formado para prestar serviços de Capelania Hospitalar, realizar visitas domiciliares e hospitalares, o Grupo da Saúde oferece apoio aos enfermos e familiares.

Além disso, os voluntários também prestam apoio a profissionais da saúde e realizam trabalhos sociais em hospitais.

“Por meio da nossa dedicação, temos visto a transformação na vida daqueles se encontram sofrendo nos hospitais com alguma enfermidade. Desde o doente, seus familiares até os profissionais da saúde, todos sabem que podem contar com o Grupo da Saúde”, concluiu o Bispo Eduardo.

Para saber sobre o grupo, procure uma Universal mais próxima de você. Encontre aqui um endereço. Você também pode acompanhar as atividades do Grupo da Saúde por meio das redes sociais, clicando aqui.


  • Rafaela Dias e Rafaela Rizzo / Fotos: Cedidas 



reportar erro