Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de maio de 2020 - 01:01


Governo decide pelo adiamento das provas do ENEM

Ainda não há data para as provas

O Governo Federal decidiu pelo adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). De acordo com nota divulgada aos brasileiros, ainda não há uma nova data definida para a aplicação das provas.

A decisão foi tomada após votação em Senado, onde a maioria dos votantes preferiu o adiamento do ENEM por tempo indeterminado, visto que milhões de inscritos estão impossibilitados de estudar por conta da paralisação das aulas causada pela quarentena.

Confira a íntegra da nota divulgada pelo Ministério da Educação:

“Atento às demandas da sociedade e às manifestações do Poder Legislativo em função do impacto da pandemia do coronavírus no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram pelo adiamento da aplicação dos exames nas versões impressa e digital. As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais.

Para tanto, o Inep promoverá uma enquete direcionada aos inscritos do Enem 2020, a ser realizada em junho, por meio da Página do Participante. As inscrições para o exame seguem abertas até as 23h59 desta sexta-feira, 22 de maio.”

Inscreva-se!

O ENEM é a principal porta de entrada para o Ensino Superior no Brasil. Aliás, outros países também consideram a nota desse exame para o ingresso em Universidades. São eles: Portugal, Canadá, Inglaterra, França e Irlanda.

A inscrição para o ENEM 2020 custa R$ 85 e pode ser realizada até o dia 27 de maio. Clique aqui para realizar a inscrição.

As informações sobre datas, horários e locais das provas serão disponibilizadas no cartão de confirmação de inscrição, em outubro.


  • Andre Batista / Foto: Getty Images 


reportar erro