Rede aleluia
Fé: a base da escolha certa
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 28 de junho de 2020 - 00:05


Fé: a base da escolha certa

Priscila Nóbrega e José Ricardson sofreram por não usarem a razão. Conheça a história deles

Fé: a base da escolha certa

Os desejos do coração são as causas da maioria dos casos de decepções amorosas. Sendo assim, a melhor forma de evitar qualquer tipo de problema nesta área é fazer escolhas colocando a Vontade de Deus como prioridade.

O casal Priscila Nóbrega, de 23 anos, e José Ricardson, de 27 anos, (foto abaixo) teve várias decepções por conta das escolhas baseadas nos sentimentos. Priscila já acompanhava sua família nas reuniões da Universal desde a adolescência, mas não praticava o que era ensinado.

“Ainda nova, me deixei levar pela ansiedade de ter alguém ao meu lado e tive uma decepção amorosa. Me afastei da presença de Deus, apesar de frequentar as reuniões”, conta.

Em seguida, movida ainda pelos seus sentimentos, Priscila se envolveu em outro relacionamento e descobriu que estava sendo traída.

“Aquilo acabou com a esperança que eu tinha criado de ter alguém que me completasse. Toda aquela situação me deixou muito triste e até desencadeou problemas na minha saúde”, diz.

Depois de tantos problemas, Priscila começou a frequentar a Terapia do Amor. Ela entendeu que precisava colocar Deus à frente de suas escolhas para alcançar a felicidade amorosa.

Deus como prioridade
Antes de conhecer Priscila, José também tinha sofrido com problemas amorosos, mas superou todos usando a Fé. “Sofria com o sentimento de rejeição. Sentia um vazio dentro de mim e tentava preenchê-lo com bebidas e festas. Por causa desses traumas, fiquei sem nenhuma perspectiva. Todos esses problemas foram superados quando pratiquei a Fé inteligente.”

Algum tempo depois, os dois se conheceram na Igreja Universal. José começou a gostar de Priscila e se declarou para ela. No entanto ela lhe deu uma resposta negativa. “Fiquei triste com a resposta dela e o sentimento de rejeição quis retornar, mas decidi colocar minha Fé à frente e deixar que Deus cuidasse de tudo. Depois, ela me procurou para pedir perdão pela forma que falou comigo. Daí tive a oportunidade de conquistá-la”, lembra.

Depois de se conhecerem melhor, eles decidiram iniciar um relacionamento. “Namoramos e noivamos em três anos e meio. Esperei em Deus e o ‘sim’ dela veio”, recorda José.

Eles se casaram na Universal em outubro de 2019. Hoje se mantêm unidos e firmes na Fé. “Estávamos plenamente convictos que casaríamos no Altar. Essa decisão só tem nos abençoado. Deus tem nos acrescentado bênçãos seguidas”, conclui Priscila.

Se você deseja a mesma bênção de Deus, procure a Universal para a realização da sua cerimônia. Para saber mais, entre em contato pelo e-mail setorcasamentos@universal.org.br.


Fé: a base da escolha certa
  • Camila Teodoro / Foto: Getty Images 


reportar erro