Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 23 de janeiro de 2019 - 10:30


Evangelistas do semiaberto de Mirandópolis são consagrados no altar

Detentos foram abençoados para ajudar outros colegas de cela. Veja

O projeto Universal nos Presídios (UNP) não se cansa de mostrar o resultado alcançado na vida dos detentos atendidos. Recentemente, três evangelistas que cumprem detenção no semiaberto de Mirandópolis, cidade do interior de São Paulo, foram consagrados. Eles receberam a benção na última saída temporária de fim de ano, no altar da Universal de Andradina (SP), município próximo.

Antes disso, eles já haviam sido libertos e batizados nas águas. Dentro do cárcere, aconselham e oram por outros colegas de cela. “Eles também me ajudam durante todas as reuniões que fazemos às quintas-feiras à noite com os detentos que eles trazem”, explica o Pastor Leidiomar de Oliveira, responsável pelo grupo no local.

Na última saidinha, eles também ajudaram a levar cestas de Natal para outros na mesma condição. Alguns não tinham alimento para passar a data com suas famílias. “Na mesma época fizemos um café da tarde na porta da penitenciária de Andradina e eles nos ajudaram servindo as famílias. Sobretudo, mostraram que do mesmo modo como eles mudaram, o familiar deles também conseguirá mudar”, completa o Pastor.

Veja outras notícias do Universal nos Presídios na página oficial do grupo.


  • Rafaella Rizzo / Fotos: Cedidas 


reportar erro