Rede aleluia
“Eu não acreditava mais no amor”
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 21 de Novembro de 2021 - 00:05


“Eu não acreditava mais no amor”

Patrícia da Silva sofreu muito em seus relacionamentos, até que conheceu as palestras da Terapia do Amor e descobriu como transformar sua vida amorosa

“Eu não acreditava mais no amor”

Você acredita no amor? Muitas pessoas desistem dele depois de viverem experiências difíceis e dolorosas. Em outras palavras, elas não querem abrir o coração para mais ninguém.

Patrícia Pereira Cardoso da Silva, de 39 anos, conta que em muitos momentos de sua vida cogitou abandonar sua crença no amor verdadeiro, pois passou por tantas dificuldades que chegou a desejar ficar sozinha para sempre. “Eu me sentia frustrada, nunca dava certo com ninguém. Saí de casa grávida, visando construir uma família, mas eu não imaginava que aquilo seria minha ruína”, lembra.

Ela afirma que pouco tempo depois veio a separação, pois havia muitas brigas e desentendimentos em seu antigo relacionamento.
Por causa das adversidades na vida amorosa, Patrícia relata que decidiu conhecer o mundo em busca da felicidade. Assim, passou a frequentar festas e baladas.

Ela acrescenta que ficou com muitas pessoas na época, mas nenhuma foi capaz de preencher seu vazio. “Fui traída, fiquei decepcionada com a pessoa com quem estava me relacionando e isso foi o limite para mim. Eu não acreditava mais no amor. Então, decidi que nunca mais em toda a minha vida me relacionaria com alguém e passei a ter ódio dos homens. Meu sonho de colocar um vestido de noiva morreu com aquela traição”, diz.

Recomeço
A trajetória de Patrícia começou a mudar quando ela foi convidada para participar das palestras da Terapia do Amor. Foi durante as reuniões que ela conheceu seu atual marido, Santiago Santos da Silva, de 35 anos.

Santiago conta que também passou por muitos relacionamentos que não deram certo. Além disso, ele menciona que havia um histórico recorrente de separações em sua família. Por isso, ele resolveu cuidar de sua vida amorosa. “Eu era um homem infeliz porque as mulheres não queriam nada sério comigo. Eu estava a ponto de desistir de encontrar uma pessoa, até que conheci a Patrícia.”

Depois de frequentar a Terapia do Amor por um tempo, Patrícia e Santiago começaram a se conhecer melhor e iniciaram um relacionamento. “Antes de conhecer o Santiago, eu já tinha determinado que só iniciaria um relacionamento quando estivesse curada. Eu me curei e aprendi a me cuidar para cuidar de alguém futuramente”, detalha.

No dia 15 de maio de 2021, Santiago e Patrícia se casaram na Igreja Universal de Guarulhos, em São Paulo. “Foi a melhor escolha que já fiz. Eu permiti que o Espírito Santo me curasse para que hoje eu pudesse fazer do meu marido um homem realizado. Hoje temos um lar de paz e alegria. Eu não imaginava que nas palestras da Terapia do Amor eu encontraria o grande amor da minha vida”, finaliza Patrícia.


“Eu não acreditava mais no amor”
  • Kaline Tascin / Fotos: Cedidas 


reportar erro