Rede aleluia
“Eu dependia de doações para sobreviver”
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de Setembro de 2021 - 22:40


“Eu dependia de doações para sobreviver”

As muralhas que impediam Aline Tomás de vencer caíram e, hoje, ela é uma mulher bem-sucedida. Saiba mais

“Eu dependia de doações para sobreviver”

Passar por privações não é fácil para ninguém, agora imagina depender 100% de doações para poder sobreviver! Aline Tomás passou por isso. Sua vida financeira era totalmente derrotada, ela vivia na miséria, ao ponto de ter que pedir para as pessoas ajudá-la com um prato de comida.

“Me lembro que tinha um sacolão perto de casa e a dona dele me doava alguns alimentos como verduras e frutas. Eu dependia de doações para sobreviver”, disse.

Apesar do esforço do próprio braço, Aline só conseguiu derrubar as muralhas da miséria em sua vida, quando agiu a fé.

“Passei a dar o meu melhor para Deus e Ele me honrou. As muralhas caíram… eu, que dependia de doações, hoje emprego várias pessoas”, comemora.

Entenda em detalhes como Aline deu um grande passo em sua vida. Assista ao vídeo abaixo:


“Eu dependia de doações para sobreviver”
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro