Rede aleluia
“Eu acreditava que não precisava investir na minha vida amorosa”
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 31 de Julho de 2022 - 00:05


“Eu acreditava que não precisava investir na minha vida amorosa”

Conheça a história de Matheus e Karoline Medeiros e saiba como eles venceram o medo da traição e construíram um casamento feliz

“Eu acreditava que não precisava investir na minha vida amorosa”

Muitas pessoas têm medo de investir na vida amorosa por causa de traumas passados ou por terem presenciado más experiências de familiares nessa área. Foi o que ocorreu com o casal de empresários Matheus Jorge Ribeiro de Medeiros e Karoline Seles Medeiros, ambos de 25 anos. Eles desfrutam de um casamento feliz e com confiança mútua, mas revelam que no passado temiam entrar em um relacionamento e sofrer traições.

Os dois têm em comum o fato de que seus pais se divorciaram em decorrência de traições e, por essa razão, carregavam o receio de que a história se repetisse em suas vidas. “Meu pai traiu minha mãe diversas vezes. Eu vi todo o sofrimento dela e criei um bloqueio. Quando alguém tentava se aproximar de mim, eu me afastava”, diz Matheus.

Situação semelhante era enfrentada por Karoline, que também viu os pais se separarem em razão da infidelidade do pai. “Eu acreditava que não precisava investir na minha vida amorosa, somente em outras áreas, e focava muito nos estudos e no trabalho, pois achava que todos os homens eram iguais. Eu só pensava em ser independente e com isso me tornei orgulhosa”, afirma.

Ela explica que, desde a infância, já frequentava a Universal, mas se recusava a participar das palestras da Terapia do Amor, até que em 2016 aceitou um convite para ir à reunião. “Entendi a importância das palestras e que a vida amorosa e a busca pela pessoa ideal eram, sim, importantes, mas sobretudo aprendi que eu teria de mudar e ser a pessoa ideal primeiro. Comecei a aplicar tudo que era ensinado, me libertei do orgulho e compreendi que a base de um relacionamento é colocar Deus à frente para não errar.”

Em 2015, Matheus também passou a frequentar a Universal. Ele afirma que viu na Terapia do Amor uma oportunidade para se curar dos traumas que carregava. “O tempo que passei na Terapia como solteiro, cerca de quatro anos, foi o período que me livrei dos traumas e aprendi a ser a pessoa certa. Também aprendi que a pessoa com quem eu iria me relacionar tinha de ser feliz e que, antes de encontrá-la, eu também tinha de ser feliz enquanto solteiro, pois essa felicidade vem da Presença de Deus”, diz.

Preparados para amar
Em 2019, já livres de traumas e receios, Matheus e Karoline se conheceram por meio de uma amiga em comum e iniciaram o namoro. Depois de conhecerem o caráter um do outro, eles tiveram certeza que precisavam dar um passo maior: o casamento. Eles selaram essa união no dia 10 outubro de 2020, no Altar de Deus na Universal de Cotia, no interior de São Paulo.

Karoline afirma que o casamento foi melhor do que o planejado. “Guardamos lindas lembranças, mas o mais importante é a bênção de Deus vinda do Altar. Colocamos Deus à frente desde do início do namoro e tudo tem sido abençoado.”

Para Matheus o segredo da felicidade a dois é, na verdade, baseá-la em um tripé. “Como um cordão de três dobras que não se quebra, Deus está em primeiro lugar, depois minha esposa e eu.

Nosso casamento é maravilhoso, nos completamos e procuramos fazer o melhor um pelo outro”, finaliza.


reportar erro