Rede aleluia
Estou louca ou são os hormônios
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 4 de março de 2018 - 03:05


Estou louca ou são os hormônios

As mulheres passam por diversas mudanças no decorrer do mês. Entenda o porquê de tudo isso e saiba como lidar com essas alterações

Estou louca ou são os hormônios

Um dia você está feliz; no outro só pensa em chorar. Há aqueles dias de muita irritação e tantos outros em que o seu humor oscila a cada momento. Por mais estranho que possa parecer, é normal que as mulheres passem por essas mudanças todos os meses, por causa das alterações hormonais.

A progesterona

Segundo a ginecologista e presidente do Comitê de Endocrinologia da Associação de Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (Sogimig), Marcia Ferreira, as flutuações hormonais interferem constantemente no humor da mulher, na libido e geram vários sintomas físicos. Mas é no período pré-

menstrual que elas mais sentem os aspectos negativos dessas mudanças. “A elevação da progesterona no sangue causa irritabilidade, humor deprimido, choro fácil, sonolência, diminuição da libido, dores e inchaço nas mamas e pernas”, diz a especialista. À progesterona também são atribuídas as manifestações da chamada tensão pré-menstrual (TPM).

O estrogênio

Já o estrogênio, outro hormônio feminino, é responsável por deixar a mulher mais disposta e com a sensação de estar alerta, mais ativa. É ele que permanece em baixa após a menopausa.

“Com o passar dos anos, os óvulos da mulher diminuem e, com isso, surgem alterações na duração do ciclo menstrual (que passa a ser irregular). Diminui também a concentração de estrogênio e isso ocasiona o aparecimento dos fogachos (ondas de calor da perimenopausa), distúrbios do sono e desânimo”, conta.

A testosterona

Além da progesterona e do estrogênio, a testosterona, hormônio masculino, também está presente no corpo das mulheres, mas em pequena quantidade. “Ele é especialmente importante para promover a sensação de bem-estar, de disposição física e o aumento da libido.”

Como não enlouquecer

Em primeiro lugar, é importante compreender que essas mudanças no corpo da mulher são normais. Contudo, se elas a atrapalham no trabalho, no relacionamento com os filhos e o marido e a fazem se sentir mal, não negligencie o acompanhamento médico. Fazer isso não é falta de fé, mas agir com sabedoria.

E saiba que é possível controlar alguns sintomas negativos. Procure adotar alguns cuidados. Controlar o peso e praticar exercício físicos e atividades que a afastem do estresse do dia a dia podem interferir de forma positiva em seu ciclo. A médica recomenda ainda que a mulher se alimente adequadamente, de forma balanceada, e evite o excesso de doces e cafeína.


Estou louca ou são os hormônios
  • Por Michele Francisco / Foto: Fotolia 


reportar erro