Rede aleluia
‘Estação da Leitura’ doa 158 mil livros
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 25 de Maio de 2022 - 15:15


‘Estação da Leitura’ doa 158 mil livros

Iniciativa do programa social Calebe aconteceu em 1,9 mil localidades

‘Estação da Leitura’ doa 158 mil livros

Com o objetivo de incentivar o hábito da leitura entre os brasileiros, o programa social Calebe realizou no último final de semana (21 e 22 de maio) a ação “Estação da Leitura”, com a doação de 158.209 livros em 1,9 mil localidades espalhadas em todo Brasil. O evento também aconteceu em Botswana, Japão e Panamá.

Além de doar as obras, a proposta do evento é oferecer um espaço de leitura em locais públicos movimentados, como praças, estações de metrô e centros históricos. As pessoas que transitavam nesses locais poderiam escolher um livro disponível e realizar a leitura no local.

Segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada pela Fundação Pró-Livro, 31% dos brasileiros nunca leram um livro.

A ação literária foi realizada nacionalmente pela primeira vez, e contou com o apoio de 17,3 mil voluntários, que se empenharam na arrecadação de livros novos ou usados em boas condições, com a temática de autoajuda e espiritual.

Para o responsável pelo Calebe no Brasil, Valter Pereira, “não há atitude mais forte e significativa do que a doação [de livros], pois além de garantir a todos o acesso gratuito à leitura, pode incentivar a busca sedenta pelo conhecimento de boa fé”.

Oportunidade de aprendizado

Além da “Estação da Leitura”, o programa social tem outras frentes que promovem o hábito da leitura, a exemplo, o projeto Ler e Escrever. Através de aulas gratuitas, jovens e adultos são alfabetizados e ainda podem participar de cursos profissionalizantes que ajudam na sua capacitação e inserção no mercado de trabalho.

“Eu não sabia ler e nem escrever. Graças a esse trabalho, tive a oportunidade de aprender. Agora, tenho liberdade e autonomia de viajar sozinha, mexer na minha conta bancária e no celular. Estou preparada para ingressar em uma escola pública e concluir os meus estudos”, relata Josenilda Gomes da Silva, de 62 anos idade. Ela ingressou no Calebe há 3 anos e na mesma época se inscreveu nas aulas do Ler e Escrever.

Mantido pela Igreja Universal do Reino de Deus, o Calebe trabalha em prol da qualidade de vida dos idosos através de ações de cidadania, entretenimento e saúde, além do oferecimento de orientações jurídicas e apoio psicológico. Somente em 2021, o grupo ajudou 746.376 pessoas.


‘Estação da Leitura’ doa 158 mil livros
  • Unicom / Fotos: cedidas 


reportar erro