Rede aleluia
Entrelinhas: Pastor é curado de doença rara
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 29 de junho de 2020 - 15:03


Entrelinhas: Pastor é curado de doença rara

Durante o domingo último (28), o programa mostrou esse testemunho de cura e, também, alcançou àqueles que estão passando por um diagnóstico ruim. Saiba mais

Entrelinhas: Pastor é curado de doença rara

Durante o programa Entrelinhas do domingo último, dia 28 de junho, o Bispo Renato Cardoso, ao lado do Bispo Adilson Silva, recebeu o Pastor Edson Garcia e sua esposa, Lana Garcia. Juntos, eles contaram sobre quando ele foi diagnosticado com uma doença rara e de que forma ambos reagiram a essa situação.

Em depoimento, o Pastor Edson contou que começou a sentir uma dor estranha, conflitando a sua fé. “Eu percebi que tinha algo estranho com o meu corpo, estava sentindo um certo incômodo, um cansaço físico a mais”, relata ele. Sua esposa, Lana Garcia, disse que na época eles achavam ser algo comum.

Foi então que, ao passar por um médico reumatologista, o Pastor foi diagnosticado com Espondilite Anquilosante, uma doença rara que causa fortes dores nas articulações. A sua causa ainda não é totalmente conhecida.

Se não bastasse o susto com a gravidade da situação, na ocasião, durante o diagnóstico, eles ouviram da própria médica palavras ruins. “Ela só deu palavras de morte, disse que não tinha jeito. E que ele teria que fazer fisioterapia para o resto da vida, além dos medicamentos fortes que iriam atingir outros órgãos e que teria que conviver com esse problema”, relatou Lana.

A escolha da fé

Mesmo há muitos anos servindo a Deus, segundo o Pastor, o momento que passou foi para ele uma “guerra interior”. Foram 6 meses de persistência, dos primeiros sintomas até a cura no Altar na Fogueira Santa. “Havia uma certeza dentro de mim que eu iria vencer, mas eu ainda estava doente e algo a mais teria que ser feito. Fiz correntes, fui usando a minha fé e cada passo foi me fortalecendo contra os pensamentos ruins”, salienta ele.

Ainda durante o programa, o casal contou mais detalhes sobre os sintomas da doença, os efeitos colaterais e, sobretudo, de que maneira usaram a fé para combater a doença.

“Não adianta só sacrificar o material, tem que sacrificar a vida, sua obediência, deixando o pecado. Você tem que tirar da sua vida qualquer altar de Baal. Faça prova com Deus e você vai ver o que Ele vai responder na sua vida”, ressaltou o Bispo Renato.

Assista ao programa na íntegra e descubra o que o Pastor fez para ser curado:

Corrente dos 70

Se você deseja alcançar o milagre da cura, compareça a uma Universal, nesta terça-feira, e aprenda como exercitar a fé. No Templo de Salomão as reuniões acontecem às 10h, 15h e 20h, na Avenida Celso Garcia, 605, Brás, zona leste da capital paulista. Para encontrar um endereço perto de você, clique aqui.


Entrelinhas: Pastor é curado de doença rara
  • Redação / Foto: Reprodução 


reportar erro