Rede aleluia
Ele recebeu o Espírito Santo dentro de um presídio de segurança máxima
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de Maio de 2022 - 22:12


Ele recebeu o Espírito Santo dentro de um presídio de segurança máxima

Conheça a história de Évane Lourenço da Silva, um ex- presidiário que se rendeu à fé

Ele recebeu o Espírito Santo dentro de um presídio de segurança máxima

Évane Lourenço da Silva, de 43 anos, recebeu o Espírito Santo dentro de um presídio de segurança máxima.

Situação:

O rapaz – que já estava preso há 10 anos, e após este período foi condenado a mais 16 anos – fazia parte de uma facção criminosa.

Évane começou no crime aos nove anos, quando furtava suco e chocolate em supermercados. Conforme foi crescendo, sua ambição por adquirir outros produtos também cresceu e, então, ele passou a praticar roubos à mão armada.

“Passei a andar armado e roubar as pessoas; aos 18 anos, fui preso pela primeira vez, fiquei três anos [recluso]. Depois que saí, voltei a cometer outros crimes e fui preso novamente, e assim [permaneci] mais sete anos”, lembra.

Situação da situação:

Por ser considerado um homem perigoso, Évane foi transferido por diversas vezes para vários presídios, até que em um deles, o de segurança máxima, ele teve a oportunidade de mudar de vida.

“Minha mãe conheceu Jesus, começou a frequentar as reuniões na Universal e a orar pela minha libertação. Eu lembrava de cada palavra dita por ela. Onde estava não era permitido a visitação de voluntários da igreja e nem a entrada da Bíblia Sagrada, mas, mesmo assim, eu consegui um exemplar”, disse.

Vale a pena notar:

E foi lendo a Bíblia Sagrada que Évane teve seu encontro com Deus. Ele conta que decidiu se batizar nas águas.

“Não havia pastor ou obreiro, era somente eu e Deus. Em um dia chuvoso, sai para o pátio, deitei no chão e aquela chuva lavou a minha alma”, comentou.

Após esse ato de fé, Évane conta que foi batizado com o Espírito Santo e ali dentro do presídio, começou a sua jornada de fé.

Assista ao vídeo abaixo e conheça mais sobre esta história:


Ele recebeu o Espírito Santo dentro de um presídio de segurança máxima
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro