Rede aleluia

Notícias | 11 de agosto de 2019 - 00:05


Ele é 10 anos mais velho, e agora?

Na Escola do Amor Responde desta semana, a aluna diz que o namorado tem 10 anos a mais do que ela e que já enfrentou diversos problemas com ele. Ela pede ajuda para os professores Renato e Cristiane Cardoso, que a orientam quanto aos reflexos que a diferença de idade pode causar e aos cuidados necessários para que ela não seja infeliz no relacionamento.

Aluna – Tenho 23 anos e meu namorado é 10 anos mais velho do que eu. Temos pensamentos bem diferentes. Somos formados, trabalhamos e às vezes discutimos por besteiras. Pensamos em nos casar, mas no namoro há muitas coisas que não aceito e não gosto em relação a ele e ele também em relação a mim. Já terminamos e reatamos o namoro várias vezes, mas nunca é a mesma coisa. Parece que a cada volta descemos um degrau no relacionamento, em vez de subir. Tenho medo de estar apegada a ele pelo fato dele ser o meu primeiro namorado e de nos separarmos depois de nos casarmos. Eu cheguei a comprar o livro Casamento Blindado, mas não vejo o esforço dele para mudar a situação. Então, eu perco a paciência. Ele é superssistemático e eu, supertranquila. Não vejo maldade nas coisas e ele vê maldade em tudo. Fica me dizendo que preciso aprender, que sou mimada e que ele não é minha mãe para ficar me mimando, mas acho isso muita grosseria da parte dele. Eu não sei se o casamento resolveria o problema ou se só o aumentaria. Estou muito confusa.

Cristiane – Se você se casasse estaria fazendo uma péssima escolha, porque no namoro você já vê o tipo de homem que ele é. Como você disse, ele é sistemático e quer ficar mandando em você. E tem as expectativas dele. Você só tem 23 anos, está na flor da idade, amadurecendo e não sabe de tudo na vida. Aliás, ele é seu primeiro namorado. Então, é compreensível que você tenha dificuldade para certas coisas, pois não tem experiência. Ele não tem esse entendimento, não é compreensivo e, sinceramente, não vejo razão para que continue nesse relacionamento.

Renato – Isso tudo tem a ver com a idade, porque ele é 10 anos mais velho do que você. Ele tem outra cabeça, outra maturidade, infelizmente, a mente dele não é tão aberta para que ele entenda que você precisa amadurecer mais. Ele teria que ter muita paciência para isso e não é tratando você dessa forma que vai conseguir. Você já leu o livro, mas somente isso não basta. É preciso colocar em prática o que você aprendeu.

Cristiane – As pessoas que estão namorando têm que entender que antes do casamento elas têm a oportunidade de saber se vale a pena continuar com a outra pessoa ou não. Se a pessoa começa a demonstrar que é chata e difícil, a outra deve terminar a relação e não tentar ser heroína ou herói e dizer que o amor tudo suporta, que vai superar, que vai fingir que nada está acontecendo e que amanhã tudo será resolvido. Não adianta tentar resolver os problemas de vocês se ele já mostrou que a personalidade dele é assim e que não vai mudar. Por que você vai ficar perdendo seu tempo que é muito valioso? Quando estiver em um namoro e a situação estiver difícil, termine ou então dê um tempo. Se vocês melhorarem, voltem depois.

Renato – Vale um lembrete: se vocês estão tendo problemas durante o namoro e precisam de aconselhamento, é porque estão muito confusos. O período do namoro deve ser de conquista, de viver as coisas boas um com o outro. Claro que você não terá só o lado bom: vai viver bons momentos, mas também conhecerá o lado difícil do outro. O namoro é para isso, mas não a ponto de vocês brigarem e dele tratá-la da forma que ele quiser.


  • Kaline Tascin / Foto: Gettyimages 


reportar erro