Rede aleluia

Notícias | 11 de novembro de 2018 - 00:05


Ela precisou perdoar para encontrar a felicidade

Quanto mais tentava se vingar do ex-namorado, mais a vida amorosa de Dayana ficava difícil. Tudo mudou quando ela entendeu a importância do perdão

Você sabia que é mais feliz aquele que perdoa do que quem nutre desejo de vingança? Saiba que o ato consciente de deixar de lado o sentimento de revanche faz bem para todas as áreas da vida.
Uma pesquisa realizada pela Universidade de Berkeley, na Califórnia, revela que quem perdoa é mais calmo e vive mais. E que o perdão é capaz até de melhorar a qualidade do sono e de diminuir a pressão arterial.
Dayana Ferreira de Oliveira, de 30 anos (foto acima), autônoma, sofreu muito na vida amorosa porque não sabia a importância dessa atitude para a felicidade amorosa.
“Fui traída pelo meu ex-namorado. O relacionamento chegou ao fim e guardei muitas mágoas. Queria me vingar de tudo que ele tinha feito e passei a frequentar baladas e a sair com vários homens”, conta. Mas, como toda vingança é ineficaz, ela desenvolveu uma depressão profunda. “A lembrança da traição me martirizava dia e noite e a vida que eu estava tendo me levava cada vez mais para o fundo do poço e a ter desejo de suicídio”, acrescenta.

O perdão traz a libertação
Era mais um sábado triste e solitário quando um programa de televisão chamou atenção de Dayana. “O Renato e a Cristiane Cardoso estavam falando da Terapia do Amor e da importância da cura interior. Aquelas palavras despertaram em mim o desejo de conhecer a palestra”, diz.
Foi na Terapia do Amor que ela entendeu a necessidade do perdão. “Aprendi que não tinha que esperar sentir vontade de perdoar, tinha que tomar essa decisão, mesmo sem vontade. Perdoei aquela traição e, a cada semana, busquei praticar o que me era ensinado. Não demorou muito para que eu reconquistasse minha autoestima”, diz.
Passados alguns meses da transformação interior, Dayana conheceu Vinícius Ferreira de Oliveira, de 27 anos (foto acima), também autônomo. “Eu frequentava as palestras no Templo de Salomão e ela na cidade de Limeira, no interior de São Paulo, e, depois que entramos em um grupo da Terapia do Amor no WhatsApp, começamos a conversar. A segurança e a paz que ela transmitia me chamaram atenção. Alguns dias depois, nos conhecemos pessoalmente e eu a pedi em namoro”, conta Vinícius.
Depois de oito meses de relacionamento, eles decidiram se casar. “Nos casamos na Terapia do Amor no dia 18 de agosto deste ano, na Universal de Limeira. O Vinícius é um homem de Deus que se empenha em lutar pelo melhor do nosso relacionamento. Hoje sou feliz no amor, mas só conquistei tudo isso porque decidi perdoar e lutar pela minha mudança interior”, conclui Dayana.
Vida amorosa
Para saber mais como resolver os problemas da vida amorosa, participe das palestras da Terapia do Amor, todas às quintas-feiras, em uma Universal mais próxima de você. A cada palestra, casais, noivos, namorados e solteiros aprendem sobre o amor inteligente e como desenvolver o relacionamento a dois.


  • Ana Carolina Cury / Fotos: Cedidas 


reportar erro