Rede aleluia

Notícias | 21 de janeiro de 2018 - 02:05


Ela expeliu bichos pelo corpo

Marineide Correia teve três tumores graves, que infeccionaram uma de suas mamas de forma arriscada e perigosa

m meados de 2016, a aposentada Marineide Correia, de 57 anos (foto acima), percebeu que uma secreção estranha estava saindo de uma de suas mamas. Ela procurou ajuda médica e a equipe fez vários exames para descobrir a causa do problema. O médico diagnosticou três nódulos no seio. Uma biópsia foi feita e descobriu-se que os tumores eram benignos.

“O médico me disse que, independentemente do resultado, seria feita uma cirurgia para a retirada da minha mama, porque ela estava crescendo assustadoramente. Eu tinha vergonha do jeito como estava o meu corpo, sempre andava com um bolsa na frente para tentar escondê-lo”, diz.

Marineide frequentava a Universal havia 18 anos e tinha uma fé sólida. Ela preferiu confiar em Deus e acreditava que Ele a curaria sem necessidade da cirurgia.

As dores eram intensas e ela tinha muita febre. Marineide começou a fazer propósitos e passou a usar a água consagrada. Ela começou a perder muito peso e isso preocupou ainda mais seus familiares. No entanto, ela contrariou a todos e não aceitou voltar ao médico, pois sabia que corria o risco de perder a mama.

Depois de alguns dias nessa situação, o seio de Marineide começou a expelir uma secreção com um forte odor. Mesmo definhando, ela mantinha a confiança de que Deus a curaria sem necessidade de qualquer intervenção. Meses depois, além das dores e do forte odor que saía do seu corpo, Marineide também começou a sentir fraqueza nas pernas. “Eu, que sou uma pessoa ativa, só ficava sentada. Mas não me abatia. Sempre mantive um semblante sereno e tranquilo”, relata.

A aposentada participava frequentemente das reuniões de cura, até que a fraqueza e o odor que exalava a impossibilitaram de ir. Ela tinha perdido 40 quilos. “Por várias vezes eu tive que sair da reunião, pois o mau cheiro estava insuportável. As pessoas não conseguiam ficar próximas a mim.”

Com tudo isso, ela não duvidava nem questionava Deus sobre a situação que estava vivenciando. Ela permanecia na certeza de que Ele faria um milagre.

Depois de um ano debilitada, Marineide viu a própria mama estourar. Do local, saiu ainda mais secreção e diversos bichos. O local já estava apodrecido. Com o passar dos dias, o local começou a cicatrizar.

Marineide começou a ganhar vitalidade e as dores cessaram. Ela sabia que estava curada. Aos poucos, ela voltou para as suas atividades diárias. Os tumores que estavam em sua mama desapareceram. Ela ganhou peso novamente e a sua fé ficou ainda mais fortalecida e avivada. Marineide é um grande exemplo de fé e determinação, pois em nenhum momento ela se deixou abalar.

CURA

Muitas pessoas fazem e recebem orações para tratar doenças incuráveis nas reuniões de cura e libertação da Universal. As correntes acontecem todas as terças-feiras, em todo o Brasil. Veja o endereço da Universal mais próxima em universal.org/enderecos .


  • Por Michele Francisco: Fotos: Cedidas 


reportar erro