Rede aleluia
Doação de alimentos ajuda famílias carentes na Finlândia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 1 de Agosto de 2022 - 18:30


Doação de alimentos ajuda famílias carentes na Finlândia

Capital do país está entre as cidades com maior custo de vida no mundo

Doação de alimentos ajuda famílias carentes na Finlândia

No dia 24 de julho, voluntários do Unisocial da Finlândia distribuíram alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade social. A ação aconteceu em Helsinque, capital situada no sul do país.

De acordo com o Índice Mundial de Custo de Vida divulgado pela Economist Intelligence Unit (EIU), Helsinque está entre as 20 cidades mais caras do mundo para se viver.

 “A Finlândia vem enfrentando um grande aumento dos preços de tudo. É um lugar onde o custo de vida sempre foi elevado e, agora, com o reflexo da guerra, tem piorado”, explica o responsável pela ação, Diego Sinhorini.

Além dos finlandeses, a ação do programa social também ofereceu amparo a refugiados ucranianos e pessoas de nacionalidade russa e árabe que moram na cidade.

Segundo Diego, são pessoas de nacionalidades diferentes, “mas com necessidades iguais. As barreiras e diferenças tendem sempre a cair diante das dificuldades”. Ele relata que, na ocasião, receberam uma senhora ucraniana que não falava nada de inglês ou finlandês, recém-chegada ao país, sem o marido, com crianças pequenas sob seu cuidado e ela estava muito necessitada.

A voluntária Sonya Loma conta que, além dos donativos, foi oferecido apoio emocional por meio de aconselhamentos dos integrantes do programa social. “Não se trata apenas de doar alimentos, mas também oferecer uma ajuda que fortalece o bem-estar físico e mental das pessoas”.

O Unisocial é mantido pela Igreja Universal do Reino de Deus, que também tem ativos no país europeu os programas sociais Força Jovem Universal e Calebe, que amparam a juventude e a terceira idade, respectivamente.


Doação de alimentos ajuda famílias carentes na Finlândia
  • Unicom / Fotos: cedidas 


reportar erro