Rede aleluia

Notícias | 15 de janeiro de 2019 - 09:33


Detentas recebem “Dia de Rainha” no estado de Santa Catarina

A ação foi promovida pelo grupo UNP e aconteceu no Presídio Regional de Tijucas. Saiba mais

Recentemente, o grupo Universal nos Presídios (UNP) do estado de Santa Catarina realizou um momento especial às detentas do Presídio Regional de Tijucas, município catarinense. A ação intitulada “Dia de Rainha” durou cerca de 3 horas.

Durante o evento, as mulheres com sua liberdade interrompida receberam um tratamento completo de beleza. Tais como, tintura, hidratação, corte e escovação de cabelo. Além disso, também havia um serviço de manicure.

Após os cuidados, todas as detentas participaram de um café da tarde e receberam de presente um cupcake (um bolinho), com uma placa que tinha o nome de cada uma delas.

Deus quer transformar vidas

Na ação, o Pastor Jackson Silva, responsável pelo grupo UNP no estado, explicou a importância de cada uma delas ouvir e praticar a voz da fé e da justiça, que é a voz de Deus, pois ela liberta a alma dos aflitos. E salientou, ainda, que ao saírem, elas serão novas mulheres. É o que está na Bíblia:

“Ouvi-me, vós os que seguis a justiça, os que buscais ao Senhor. Olhai para a rocha de onde fostes cortados, e para a caverna do poço de onde fostes cavados” Isaías 51.1

“A importância de ações como esta é poder dar para elas uma oportunidade de absorver novos ensinamentos, de esquecer o passado, andar na justiça e fazer o que é certo”, completou o Pastor.

O mais importante

A voluntária Lúcia Nascimento, que está à frente do trabalho evangelístico nas unidades femininas da região, relata que, contudo, durante a ação, foi possível notar o retorno por parte das internas. “Elas nos receberam com muito amor, com abraços, muito carinho e reconhecimento. É muito gratificante saber que podemos ajudar e levar para elas um pouco de cuidado”, completa ela.

Lúcia ressalta também que, acima de tudo, eles oferecem às detentas o mais importante: amor pelas almas. “Mesmo presas, nada impede que elas se cuidem. Muitas perderam a vontade de se cuidar, no entanto, com esta ação vi que foram resgatadas e motivadas. Entenderam que Deus as fizeram femininas e graciosas”, finalizou.

Para saber mais sobre as ações que o grupo UNP realiza em todo o País e no mundo, clique aqui.

Seja também um voluntário. Encontre aqui o endereço de uma Universal mais próxima da sua casa e se informe com o Pastor.


  • Débora Picelli / Fotos: Cedidas pelo grupo Universal nos Presídios (UNP) de Tijucas 


reportar erro