Rede aleluia

Notícias | 15 de setembro de 2018 - 22:44


Daniel Castro de “Notícias da TV” inventa fake news sobre a Universal

Mesmo avisado sobre erro, dono do portal mantém matéria agressiva e sem pedido de desculpas pela mentira publicada

Com uma reportagem sobre o programa “Fala Que Eu Te Escuto”, o portal “Notícias da TV”, de propriedade do jornalista Daniel Castro, (foto acima) nesta sexta-feira (14), deu uma verdadeira aula de como se constroem as Fake News: com pouco jornalismo e muita má-fé.
Na véspera, o repórter do portal Gabriel Perline enviou um e-mail ao Departamento de Comunicação Social da Igreja Universal do Reino de Deus (UNIcom), pedindo “um parecer a respeito do fim do programa Fala Que Eu Te Escuto e da estreia do Inteligência e Fé”.
Na mensagem, o jornalista também perguntava “por que o Fala Que Eu Te Escuto acabou” e “qual a diferença do novo Inteligência e Fé para seu antecessor”.
No mesmo dia, o UNIcom enviou uma resposta, esclarecendo que não é verdadeira a informação de que o programa teve fim, pois ele continuará sendo exibido pela Record TV, agora aos sábados. Na prática do Jornalismo, onde o que se espera é a apuração e a divulgação da verdade, esse desmentido deveria bastar.
Mas não. Mesmo assim, o portal publicou uma matéria sensacionalista, alardeando o fim do programa.

O UNIcom, então, entrou em contato com Daniel Castro, repetindo a informação transmitida ao repórter do site, e solicitando a imediata correção. O proprietário do portal afirmou que aguardaria a confirmação da Record TV sobre a continuidade do programa na grade.
Contudo, mesmo com a afirmação da emissora de que o “Fala Que Eu Te Escuto” será exibido aos sábados, ao invés de um pedido de desculpas, o portal apenas alterou o texto para que ele continuasse ofensivo e sensacionalista.
Daniel Castro, Gabriel Perline, os outros jornalistas do “Notícias da TV”, nem ninguém está obrigado a gostar da Universal, ou dos programas que ela exibe na Record TV e em outras redes de televisão. Mas os jornalistas, para exercerem a liberdade de Imprensa que a Constituição Federal lhes assegura, precisam ter responsabilidade e respeito à verdade. Fora destes limites, no nebuloso universo das Fake News, eles têm um encontro marcado com a Justiça.
Infelizmente, o comportamento do portal “Notícias da TV” não é um caso isolado. Aliás, esse e outros sites que, como ele, se alimentam apenas de fofocas, já nem estão na categoria de publicações que se deve olhar com desconfiança. O mais seguro é duvidar de absolutamente tudo que publicam — principalmente quando o assunto é a Universal.


  • Redação / Fotos: Reprodução 


reportar erro